Foi divulgado no Diário Oficial do Estado (DOE), desta quarta-feira (15), extratos de convênios com instituições de diversos municípios, referentes a recursos direcionados a melhora no atendimento médico hospitalar aos pacientes usuários do SUS (Sistema Único de Saúde).

Em resumos são sete entidades, de cinco municípios, com recursos totais acima de R$ 570,6 mil.  

Em Fátima do Sul, a Sociedade Integrada de Assistência Social receberá recursos provenientes do Fundo Especial de Saúde, no total de R$ 70 mil, em uma parcela.

Para o município de Taquarussu, o convênio com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais tem por objetivo melhorar o atendimento prestado aos usuários por meio de equipamentos/materiais permanentes e materiais de consumos a serem adquiridos (custeio e capital), no valor de 40 mil reais.

Um convênio de 200 mil reais, do Fundo Especial de Saúde, será destinado à Fundação Carmen Prudente de Mato Grosso do Sul, visando também melhorar o atendimento prestado aos usuários do Sistema Único de Saúde, no Hospital do Câncer de Campo Grande, por meio de equipamentos, materiais permanentes e materiais de consumos a serem adquiridos (capital). A Cotolengo Sul-Matogrossense, de Campo Grande, assinou convênio no valor de R$ 100 mil.

Ainda na Capital, a Associação de Auxílio e Recuperação dos Hansenianos assina convênio no valor de 40 mil reais. A Associação Beneficente de Renais Crônicos terá recursos de R$ 40 mil.

Em Rio Verde de Mato Grosso, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais receberá R$ 40,6 mil. A Fundação Cardiogeriátrica Cel. José Alves Marcondes e Dr. Haroldo Pereira Da Silva, de Dourados, receberá 40 mil reais.

“Tanto os investimentos com a transparência nos recursos são importantes para que a população saiba do trabalho que está sendo realizado em prol da saúde da população”, ressalta o titular da pasta, Geraldo Resende, que salienta a importância das instituições para a área da saúde.

Ana Brito, Subcom

Comentários