12.8 C
Campo Grande
sábado, 25 de maio, 2024
spot_img

Intenção de consumo dos Campo-grandenses tem ligeira queda no mês Abril

A Intenção de Consumo das Famílias campo-grandenses sofreu ligeira queda neste mês de abril comparado a março, conforme pesquisa da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo). Ficou em 109,9 pontos frente a 110,1 em março. Porém, se comparado a abril do ano passado, houve um aumento significativo, de 7,6% no índice.

Neste mês, os aspectos que contribuíram positivamente para o índice foram a perspectiva de consumo e avaliação da renda atual. Já a avaliação do momento para compra de bens duráveis; do acesso ao crédito e avaliação do emprego atual exerceram impacto negativo no ICF.

“Percebemos que a retração na intenção de consumo se deu entre aquelas famílias com maior poder aquisitivo, ou seja, acima de 10 salários mínimos, enquanto as de renda menor houve ligeiro aumento”, explica a economista do Instituto de Pesquisa da Fecomércio MS, Regiane Dedé de Oliveira.

Confira a pesquisa na íntegra aqui.

Fale com a Redação