Divulgação

A prefeitura de Ponta Porã, através da secretaria municipal de Saúde, recebeu no sábado (4), a entrega da JBS de um monitor de sinais vitais, cerca de 5 mil equipamentos de proteção individual (EPIs) – macacões impermeáveis e luvas de procedimentos – e 6 mil litros de álcool em gel ao Fundo Municipal de Saúde de Ponta Porã (MS).

Essa é mais uma doação da empresa para a cidade dentro do seu programa “Fazer o Bem Faz Bem – Alimentando o Mundo com Solidariedade”. No dia 17 de junho, foram entregues 33 mil EPIs (máscaras cirúrgicas e N95, aventais, toucas e viseiras faciais), além de 255 litros de sabonete líquido à mesma instituição.

Ponta Porã é um dos mais de 200 municípios que serão beneficiados pelo programa no Brasil. Em Mato Grosso Sul, a JBS fará a doação de R$ 21 milhões, sendo R$ 10 milhões para o Estado e R$ 11 milhões para 16 cidades sul-mato-grossenses, beneficiando mais de 1,5 milhão de pessoas.

“A JBS estruturou um programa dedicado a apoiar o país no enfrentamento a essa pandemia. Essa nova doação que chega à nossa cidade vem em um momento oportuno. Quando tudo isso passar também teremos deixado um legado importante para o sistema de saúde da região”, diz Fábio Brzozowski, gerente de Recursos Humanos da unidade da JBS em Ponta Porã.

Para Fábio Brzozowski “como empresa cidadã é muito significante poder contribuir com a comunidade onde vivemos e participamos. As doações chegam em um momento importante para o atendimento da população e para ajudarmos a salvar vidas na região”.

O secretário de Saúde, Patrick Derzi destacou a relevância da doação como forma de reforçar o trabalho desenvolvido, principalmente no tocante a proteção dos servidores da saúde, garantindo melhores condições para executar o trabalho diário.

O prefeito Hélio Peluffo agradeceu a empresa JBS pela contribuição enfatizando que a unidade Ponta Porã não conta com nenhum caso da doença, fruto da preocupação da empresa em todo o país no tocante a prevenção.

“Fazer o Bem Faz Bem – Alimentando o Mundo com Solidariedade” – Os R$ 400 milhões que serão doados pela JBS contra a pandemia no Brasil serão aplicados nas três frentes de atuação do programa – saúde, assistência social e ciência. A estimativa é que mais de 63 milhões de pessoas sejam beneficiadas com as ações.

Participaram do ato, realizado no Centro de Controle de Zoonoses, além do prefeito Hélio Peluffo e do gerente de Recursos Humanos da unidade da JBS em Ponta Porã, Fábio Brzozowski, a diretora da Farmácia Central, Juliana Manosso Caffarena, vereador Marcelino Nunes e servidores da Saúde municipal, além da imprensa que prestigiou o evento.

Comentários