Foto: divulgação PRF

A PRF-GO (Polícia Rodoviária Federal em Goiás) apreendeu mais de três toneladas de drogas na na BR-364, em Jateí, município do sudoeste Goiás. O detalhe, não inédito e nem surpreendente, mas foi preso transportando a carga, um jovem de Mato Grosso do Sul, servente de pedreiro de 19 anos, que não teve a identidade revelada. Ele foi pego com caminhão-baú carregado com 3,3 toneladas de maconha, na rodovia, com droga que teria saído de Camapuã, região norte de MS, e seria entregue na capital goiana. O jovem até pode ser ‘mula” inexperiente, porque teria “se entregado” pelo nervoso ante aos policiais.

Conforme a PRF, a apreensão aconteceu no final da tarde desta sexta-feira (19), com equipe da Rodoviária, que abordou o caminhão na rodovia. Ao ser questionado sobre a carga, o motorista apresentou nervosismo, o que levou à vistoria do veículo. “Ao abrir o baú, os policiais até se surpreenderam com a quantidade de fardos de maconha e skunk que estavam à mostra, sem nenhum artifício para tentar esconder.  A carga que totalizou 3,3 toneladas e foi avaliada em R$ 6 milhões”, registrou a PRF.

A droga deve ter passado por todo MS, vinda de algum dos países de fronteira, que são grandes fornecedores ao Brasil, saindo de Camapuã, já no fim do Estado, indo para divisas de Mato Grosso e Goiás. Sendo que o motorista, ainda até seria morador de Campo Grande.

Aos policiais, o motorista afirmou que mora em Campo Grande, “onde trabalhava de servente de pedreiro e pegou a droga no município de Camapuã, interior de Mato Grosso do Sul, para levar até Goiânia, onde receberia R$ 4 mil pelo transporte”, disse a PRF.

O jovem foi preso e encaminhado juntamente com as drogas e o caminhão para a Polícia Civil de Jataí.

Comentários