28.8 C
Campo Grande
quarta-feira, 24 de julho, 2024
spot_img

Lago do Amor recebe mutirão para coleta de lixo no sábado

Um dos pontos turísticos de Campo Grande, o Lago do Amor receberá um mutirão de limpeza neste sábado (22), a partir das 8h. A coleta de resíduos é uma das ações ligadas à campanha Eu Respeito de junho, que tem como tema o Meio Ambiente, da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). A atividade é aberta para todos que tenham interesse em participar, sem a necessidade de inscrição prévia.

O mutirão voluntário tem como objetivo promover a conscientização sobre a necessidade do descarte correto dos resíduos sólidos. No dia da atividade, os participantes devem se encontrar na entrada do setor 3, onde serão distribuídos sacos de lixo e luvas, doados pela empresa Solurb Soluções Ambientais que também irá fazer o recolhimento dos resíduos coletados. É recomendada a utilização de calçados e roupas fechadas, proteção contra o sol e levar água para se hidratar.

“A ação é importante para cada participante exercer seu papel de cidadão, exercer sua parcela de responsabilidade com o meio ambiente. Além disso, também é uma oportunidade de colocar em prática conceitos aprendidos em sala e conscientizar os envolvidos sobre a problemática da degradação ambiental relacionado ao descarte incorreto de resíduos”, explica a professora e coordenadora da atividade, Karina Righi.

Segundo a coordenadora, a atividade também reforça a importância do Lago do Amor para a cidade. “O lago encontra-se muito próximo de nós e infelizmente há muito lixo no local. Por se tratar de uma paisagem visitada por tantos, queremos que as pessoas entendam a importância de descartar seus resíduos corretamente e manter o local limpo. Ninguém quer estar em um local sujo, queremos nosso lago limpo e cuidado”, enfatiza.

A coleta de resíduos será realizada em parceria com o Centro Acadêmico de Engenharia Ambiental (Caena). O estudante e membro do Caena, Eros Gabriel Harada, reforça a importância da atividade para a formação acadêmica. “A ação promove um entendimento prático sobre como o lixo descartado inadequadamente afeta negativamente a natureza e sua biodiversidade”, afirma.

“É necessário existir um cuidado e uma preocupação sobre o descarte inadequado, pois ele pode acarretar diversos problemas. Quando o lixo é descartado de forma inadequada, ele pode contaminar o solo, a água e o ar, causando danos irreparáveis à biodiversidade e aos ecossistemas. Além disso, podemos destacar que o acúmulo de lixo em áreas urbanas gera impactos negativos na qualidade de vida das comunidades, aumentando o risco de doenças e comprometendo o bem-estar geral”, complementa o estudante.

Fale com a Redação