Hoje, 26, é o quinto dia do Festival Mais Cultura e, em meio a todas as atividades programadas, será realizado o lançamento do livro Sagas Mínimas, de autoria do professor José Alonso Torres Freire, do curso de Letras do Campus de Aquidauana.

Sagas Mínimas é o segundo livro de ficção escrito por José, que também compõe a Cia. de Teatro Pé Esquerdo. A obra consiste em uma série de contos que abordam as vivências e trajetórias dos seres humanos.

“Por que eu coloquei esse título? Porque, no meu entendimento, a vida de todo ser humano é uma saga e, visto de fora, parece uma saga mínima, ‘ah, fulano não fez nada e tal’, mas quando você vai observar de perto, aquela vida tem tantos detalhes, tantas relações afetivas e familiares… Então os contos abordam isso, relações afetivas, familiares e inclusive aspectos da pandemia”, explica o professor.

Os contos que integram o livro são curtos e, em alguns momentos, deixam espaço “nas entrelinhas” para que o próprio leitor possa preencher as histórias, com sua reflexão e imaginação. “São contos não muito extensos e sempre lançam uma abertura para uma continuação que o leitor deve contribuir”, sugere.

O lançamento será transmitido ao vivo pelo canal da Diretoria de Escola de Extensão da UFMS no YouTube, às 19h30.

Programação

Toda a programação do Festival Mais Cultura é gratuita e aberta ao público. Algumas atividades necessitam de inscrição prévia para controle da quantidade de participantes e emissão de certificados.

Ao longo desta terça-feira serão realizadas diversas atividades, como o workshop de fotografia UFMS Além dos Olhos, as palestras “Dança tradicional Híyokena kipâ’e (dança dos homens Terena)” e “Música na Antiguidade: da reflexão teórica à reconstituição prática”; as oficinas de dança urbana e criação para mídias sociais, e o concerto “Encontro com a Música Clássica: Orquestra Sinfônica Municipal de Campo Grande e convidados”.

Acesse proece.ufms.br/maiscultura para conferir a programação completa e os detalhes de cada atividade, além dos links de inscrição e transmissão (no caso das atividades on-line).

Fonte: Ascom UFMS

Comentários