22.8 C
Campo Grande
sexta-feira, 12 de abril, 2024
spot_img

‘Machão’, após ameaçar esposa, acaba morto pelo cunhado em Dourados

Um homem identificado como José Gregorio Medina Rodriguez, 36 anos, foi morto pelo cunhado na manhã desta sexta-feira (23) em Dourados. O crime ocorreu na residência que José morava com a esposa Deizy, na Vila São Braz. O homicídio ocorreu após a vitima ameaçar a esposa, que foi então ‘defendida’ pelo irmão, que pegou o dito ‘machão’, que acabou morto pelo cunhado, que à princípio, bateu na vítima até a morte.

Conforme registros policial, José, que era venezuelano, mas estava morando em Dourados, foi atingido com vários golpes, principalmente na cabeça. A perícia ainda apura o tipo de arma utilizada no crime, mas a hipótese é de que o autor tenha utilizado um facão ou até mesmo uma foice. 

Segundo informações iniciais, os desentendimentos entre José e seu cunhado, Anderson Junior, de 34 anos, tiveram início há alguns dias, quando José começou a ameaçar a esposa Deizy de morte.

O irmão dela, Anderson, não gostou das ameaças contra a irmã e a discussão entre os dois acabou resultando na morte. No momento do crime, Deizy estava no local e acabou ferida na mão.

Equipes policiais e periciais estão na residência realizando os levantamentos do crime. O cunhado, Anderson Junior, já foi identificado pela polícia como o autor do homicídio.

O caso de José Gregorio Medina Rodriguez é o 13º homicídio registrado em Dourados este ano.

Fale com a Redação