Desde o primeiro fim e semana da primavera uma forte massa de ar quente atua sobre o Brasil provocando temperaturas muito elevadas em diversas regiões do País. Na última quarta-feira (30) cidades sul-mato-grossenses figuraram no topo da lista de recordes de calor com temperatura de 44,1°C registradas em Coxim e Agua Clara.

Ocorre que essa onda de calor está longe de se despedir. Prognóstico do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos, indica que ao menos até a próxima sexta-feira (9) os dias serão de tempo seco e quente. Essa condição favorece temperaturas em torno ou acima dos 40°C e umidade do ar abaixo dos 20%.

Nestas condições a Defesa Civil orienta que sejam mantidos cuidados, especialmente com idosos e crianças. Sendo a principal delas sobre ingerir bastante líquido e proteger-se do sol, usando protetor solar e evitando exposição ao sol e evitando a prática de atividade física.

A curto prazo, os modelos meteorológicos apontam chuva para Mato Grosso do Sul a partir de domingo (11), ainda assim com baixos acumulados, mas suficientes para ameninar as temperaturas elevadas.

A previsão para esta sexta-feira (2) é de céu claro em todas as regiões e sem expectativa de chuva. A umidade relativa do ar fica bastante baixa em todas as áreas com variação entre 45% a 10%, considerado estado de emergência a saúde, segundo a OMS.

Vento fraco a moderado em todas as regiões, e temperaturas podendo variar entre 24°C a 41°C neste dia. Para Campo Grande a mínima esperada é de 25°C e a máxima de 39°C.

Como será o tempo em outubro?

Levando em conta todo o mês de outubro, o volume de chuva esperado para o período varia entre 125 a 175 milímetros com os maiores acumulados se concentrando nas regiões sudoeste, central e sul do Estado, apenas a região de Corumbá o valor é menor com variação entre 100 a 125 milímetros acumulados.

Conforme o Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima (Cemtec) mesmo com as chuvas estimadas para ocorrer entre os dias 11 a 20 em maior probabilidade, o acumulado de chuva do mês pode ficar a baixo da média histórica do mês em todas as regiões em até 50 milímetros, conforme mapa anexo.

Já as temperaturas para o mês devem ficar acima da média. Historicamente as temperaturas no mês de outubro em Mato Grosso do Sul variam entre 18°C a 35°C, sendo as regiões pantaneira e norte as mais quentes. Mas a atuação da forte onda de calor nos primeiros dez dias do mês associadas a massa de ar seco, auxiliam na elevação das temperaturas, falta de chuva e queda na umidade do ar. As temperaturas terão uma ligeira queda a partir do retorno gradual das chuvas no Estado.

Meteorologia indica mais um dia de clima desértico para Mato Grosso do Sul
Comentários