25.8 C
Campo Grande
domingo, 3 de março, 2024
spot_img

Missão Empresarial Fiems Índia aproxima empresários indianos e de MS na busca por novos negócios

A Missão Empresarial Fiems Índia, realizada entre os dias 1º e 11 de fevereiro às cidades de Nova Délhi e Mumbai, já pode ser considerada um sucesso. O grupo formado por 20 empresários sul-mato-grossenses teve oportunidade de se conectar com empresários e instituições federais do país indiano e estreitar laços comerciais.

O vice-presidente da Fiems, Crosara Júnior, agradeceu a toda diretoria da Federação, especialmente ao presidente Sérgio Longen, por acreditar no potencial das relações entre a Índia e Mato Grosso do Sul.

“A Índia desponta como importante parceiro pro Brasil e a missão empresarial da Fiems nos trouxe a oportunidade de conectar os empresários sul-mato-grossenses, trocar conhecimentos, ter uma nova visão do mundo, conhecer uma cultura completamente diferente daquela que vemos no Brasil”, afirmou.

Ele destacou que a delegação da Fiems visitou diversas empresas, como o grupo Tata, uma das maiores empresas do mundo, famosa por contribuir significativamente com o processo de industrialização da Índia e que quer ampliar seus negócios no brasil. “Diante de tudo isso eu acredito que a missão foi um sucesso e foi enriquecedora para todos que participaram. Nós voltamos pro Brasil com muitas inspirações e possibilidades de novos negócios”, completou.

Missão Empresarial Fiems Índia aproxima empresários indianos e de MS na busca por novos negócios

A 2ª vice-presidente da Fiems, Cláudia Volpini, ressaltou que os indianos têm muito a contribuir com relação ao pensamento empresarial. “O que vimos não foi apenas uma rica empresa bem sucedida, mas uma empresa que compartilha, que distribui, que trai benefícios pra sociedade tanto quanto para os seus executivos e seus donos. Está sendo uma experiencia fantástica”, comentou.

Já o diretor-secretário da Fiems Gilson Kléber Lomba, a missão foi uma experiência única. “Tivemos a oportunidade como empresários de perceber que o mundo é muito maior que o ambiente, o cotidiano nosso. Acho que é uma experiencia que todo empresário industrial merecia ter”, ressaltou.

Fonte: Ascom Fiems

Fale com a Redação