20.8 C
Campo Grande
segunda-feira, 11 de dezembro, 2023
spot_img

Moradores de comunidades realizam 17% mais transações em caixas eletrônicos

Dinâmica evidencia maior uso de dinheiro em espécie entre os integrantes das classes C, D e E, como mostra o estudo

Os caixas eletrônicos instalados em comunidades no Brasil realizam, em média, 6.091 transações todos os meses. O volume é 17% maior do que a marca de 5.205 apurada em outras regiões do país.

Os números fazem parte de um estudo desenvolvido pela TecBan, administradora da rede de caixas Banco24Horas, e evidenciam o uso maior do dinheiro em espécie entre os integrantes das classes C, D e E.

Marcos Mazzi, gerente-executivo do Banco24Horas, explica que o fluxo nas comunidades mostra que há mais recebimentos em dinheiro físico. “Muitos moradores de favelas exercem trabalhos autônomos, como de manicures, carroceiros, pedreiros, cozinheiras, cabeleireiros e vendedores informais”, afirma.

“A dinâmica desses profissionais [autônomos] com o dinheiro se dá uma forma que está muito ligada à utilização do dinheiro físico, principalmente dentro das comunidades”, completa Mazzi.

Fale com a Redação