O Sistema Fiems (Federação da Industria de MS), por meio do Sesi (Serviço Social da Industria), vai distribuir 3 mil mudas de árvores típicas da flora do cerrado para os moradores de Três Lagoas. A partir de amanhã, serão três dias de atividade, que tem como objetivo oferecer esperança e proporcionar confraternização às pessoas, que vão receber mudas de Araçá, Pitanga, Gabiroba, Jabuticaba e Uvaia. Nos dias 22 e 23, as mudas podem ser retiradas no Shopping Três Lagoas e, no dia 24, na Feira Central da cidade.

De acordo com o superintendente do Ssesi de Mato Grosso do Sul, Régis Borges, o propósito da campanha, iniciada em Campo Grande, é garantir também uma oportunidade de aprendizado diante da pandemia da covid-19.

“Estamos vivendo um momento muito delicado. As pessoas estão cansadas, receosas, às vezes sem perspectivas de um futuro próximo. A Floresta da Esperança está trazendo um presente da Escola do SESI para que as famílias possam plantar, semear esperança e cultivar bons momentos no futuro. E isso representa o nosso desejo que a pandemia acabe logo e possamos vivenciar  bons momentos de confraternização, de alegria e também de aprendizagem”.

Além de Campo Grande, o projeto já foi desenvolvido em Dourados e, segundo Régis Borges, será estendido a outros municípios. O gerente do SESI de Campo Grande e de Maracaju, Árinson Todescato Menezes, explicou que as mudas plantadas podem ser identificadas na plataforma do SESI elaborada exclusivamente para o movimento.

Mapa da Esperança vai permitir saber onde cada muda será plantada

No site do projeto “Floresta da Esperança” é possível ver um mapa com a localização de onde cada muda está sendo plantada

Quer saber mais sobre a Floresta Esperança? Entre no site: https://www.sesims.com.br/florestadaesperanca/

Fonte: Ascom Fiems

Comentários