1º webinar “Meios Extrajudiciais de Resolução de Conflitos no Agronegócio”. (Imagem/Divulgação)

Mato Grosso do Sul será palco, no próximo dia 19 de maio, às 19 horas, do 1º webinar “Meios Extrajudiciais de Resolução de Conflitos no Agronegócio”, realizado pela CIArb Brazil, que é a filial brasileira do CIArb (Chartered Institute of Arbitrators), principal órgão profissional para resolução de disputas, com o apoio do IDAMS (Instituto de Direito Administrativo de Mato Grosso do Sul), da EJUD-MS (Escola Judicial de Mato Grosso do Sul) e Nupemec (Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos) do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).
 
Com transmissão ao vivo e gratuita pelo canal do YouTube da CIArb Brazil, no endereço https://www.youtube.com/ciarb-brazil, o evento terá uma mesa de abertura formada pelos desembargadores Ruy Celso Barbosa Florence, que é o coordenador de mediação do Nupemec do TJMS, e Dorival Renato Pavan, que é diretor-geral da EJUD-MS, da procuradora-geral do Estado, Fabíola Marchetti Sanches Rahim, do presidente da Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), Mauricio Saito, e do presidente da CIArb Brazil, Cesar Pereira.
 
Além disso, o webinar terá como debatedores a diretora de arbitragem da CAMAGRO (Câmara de Arbitragem e Mediação do Agronegócio), Letícia Baddauy, do vice-presidente da CAMARB (Câmara de Arbitragem Empresarial do Brasil), Thiago Marinho Nunes, o advogado da área de agronegócio Frederico Favacho e a advogada na área ambiental Roberta Jardim de Moraes. Para fechar o evento, será realizada ainda uma mesa de encerramento com o presidente do IDAMS, João Paulo Lacerda da Silva.
 
Segundo João Paulo Lacerda, esse 1º webinar é um evento que vai reunir em Mato Grosso do Sul os maiores especialistas em meios extrajudiciais para a resolução de conflitos no agronegócio. “É uma alegria para Mato Grosso do Sul, mesmo que virtualmente, receber um webinar deste nível e com palestrantes altamente qualificados”, destacou, ressaltando as participações dos desembargadores Ruy Celso Florence e Dorival Pavan, bem como da procuradora-geral do Estado, Fabiola Marchetti, do presidente da Famasul, Mauricio Saito, e do presidente da CIArb Brazil, Cesar Pereira.
 
O presidente do IDAMS reforça a importância desse evento para o agronegócio sul-mato-grossense e brasileiro. “O cidadão brasileiro está muito acostumado a litigar em juízo e, no momento em que a CIArb Brazil traz esse evento, nós queremos incluir também o Estado neste debate acerca da solução extrajudicial dos conflitos”, pontuou, acrescentando que é uma honra fazer o encerramento deste 1º webinar sobre meios extrajudiciais de resolução de conflitos no agronegócio.
 
Na avaliação do desembargador Ruy Celso Barbosa Florence, a mediação e o agronegócio são temas que se completam. “A mediação é hoje o método mais rápido e eficiente na solução de conflitos entre partes que tenham algum tipo de vínculo que possa permanecer no tempo, a exemplo do fornecedor de insumos e o agricultor ou deste com o depositário ou financiador. Quem tem alavancado a economia do País não pode se sujeitar aos formalismos que sujeitam à jurisdição comum, com demora excessiva e resultados nem sempre almejados. Um assunto moderno, instigante e de debate necessário”, declarou.

Já o vice-presidente da CAMARB, Thiago Marinho Nunes, ressalta que o evento contará com a participação de diversos colegas muito experientes nessa seara, que é justamente a resolução de conflitos fora do âmbito do Poder Judiciário, apenas por meios extrajudiciais, em destaque a mediação e a arbitragem. “A Lei de Arbitragem, que completa 25 anos neste ano, pois foi promulgada em 1996, vem crescendo e os players da arbitragem têm conseguido cada vez mais destaque em nível de Brasil, principalmente no agronegócio. Trata-se do setor de maior pujança na economia brasileira, ou seja, é normal que conflitos surjam, alguns deles muito complexos, daí a importância de ter um meio alternativo ao Judiciário para resolver as controvérsias desses players do agronegócio”, analisou.
 
Para o presidente da Famasul, Mauricio Saito, a agropecuária tem importante participação no desenvolvimento socioeconômico do Brasil e, em razão do avanço do setor, não deixa de ser natural que a sofisticação das relações comerciais, dentro e fora da porteira, venha acompanhada de demandas judiciais. “Eventos como esse webinar, portanto, são fundamentais para trazer esclarecimentos sobre como atuar de maneira preventiva aos conflitos dessa natureza e sobre os meios extrajudiciais de resolução dos mesmos, o que representa praticidade, celeridade e desburocratização”, finalizou.
 
Serviço – Os interessados podem se inscrever pelo link para ter direito a certificado com carga horária de 4 horas.

Comentários