O prédio será o show room da Companhia com diversas inovações de tecnologia e sustentabilidade utilizando Gás Natural 

A Companhia de Gás do Estado de Mato Grosso do Sul (MSGÁS) realiza na próxima terça-feira (20), às 9h, a inauguração oficial do Centro Operacional de Três Lagoas.   

Localizada na Avenida Filinto Muller, próximo ao Shopping Três Lagoas, a obra tem área total construída de 700 m² divididos em dois pavimentos, sendo 436 m² no térreo e 264 m² no piso superior.  

Com licitação vencida pela Plangeff Engenharia, empresa da cidade e que utilizou mão de obra local, a construção custou aproximadamente R$ 3 milhões e teve duração de 15 meses, sendo entregue três meses antes do prazo contratual.  

O prédio vai abrigar áreas administrativas, como sala de reuniões/treinamento e de atendimento ao cliente, e também contará com uma área equipada para atividades de manutenção local, como a oficina para montagem e manutenção de equipamentos da rede de distribuição (estações, medidores, válvulas, entre outros) e um laboratório de calibração de instrumentos.    

A MSGÁS cresceu muitos nos últimos cinco anos em Três Lagoas, conquistando um número significativo de clientes na cidade. Tal trajetória não só justifica o investimento na construção da sede própria, como incentivou pedidos por parte dos clientes, da comunidade e de autoridades para que a obra se concretizasse.  

Tecnologia e Sustentabilidade  

A obra conta com diversas tecnologias que visam melhorar o ambiente de trabalho dos colaboradores e incentivar o uso sustentável de energia e abastecimento. A ideia é que o local seja um show room das tecnologias mais recentes e inovadores com Gás Natural.   

Entre as principais inovações estão infraestrutura de distribuição interna de gás natural para equipamentos e aparelhos (fogão, aquecedor de passagem para chuveiros e torneiras, churrasqueira), destacando os mais inovadores:   

  • Sistema de ar condicionado a Gás Natural, com evaporadoras e 21 aparelhos de ar condicionado em todos os ambientes (o equipamento é capaz de aquecer água ao mesmo tempo em que refrigera o ambiente)
  • Geração de energia com gerador 100% a Gás Natural  

A obra possui um sistema de captação de água de reúso (água de chuva) para consumo não humano (uso em sanitários, jardim e processos) e o projeto arquitetônico da edificação também foi adaptado à mobilidade de pessoas com deficiências (com plataforma elevatória, edificação sem desníveis entre pisos). 

Além disso, a obra conta com SPDA (Sistema de Proteção de Descargas Atmosféricas: para-raios), CPD (data center com estrutura de TI que será a contingência de Campo Grande) e sistema de monitoramento com câmeras.  

Comentários