Fórum de Campo Grande. (Foto/Divulgação)

Na última terça-feira (19), uma mulher de 43 anos foi flagrada roubando vários produtos de higiene pessoal em uma loja de variedades no Shopping Campo Grande. Ela foi presa com mais de R$1,5 em produtos.

Na manhã desta quinta-feira (21) a mulher passou por audiência de custódia no Fórum da Capital, onde ficou determinado o uso de tornozeleira eletrônica por 180 dias, além de ficar proibida de entrar na loja em que o furto aconteceu.

No boletim de ocorrência consta que ela teria adentrado a loja com sacolas onde haviam caixas de papelão dentro, onde teriam sido colocados os produtos. Durante o furto, uma funcionária teria visto e alertado o gerente que a abordou na saída, solicitando a abertura das sacolas, momento em que foi constatado o roubo.

Entre as mercadorias estavam, shampoos, desodorantes, água micelar, lâminas de barbear, escovas de dente, totalizando cerca de 20 itens, que somaram R$1.560,00.

A mulher confessou o roubo e disse estar passando por dificuldades financeiras e que provavelmente venderia os objetos.

À polícia, a jovem disse trabalhar como manicure, tendo uma renda mensal de R$ 700.Ela já foi presa e cumpriu pena por tráfico de drogas e tentativa de homicídio, atualmente em liberdade condicional.

Já na audiência de hoje o juiz Aluízio Pereira dos Santos, optou por não revogar a condicional, alegando que o crime seria em menor escala, sem uso de violência, além de pontuar que a criminosa possui duas filhas menores, dependentes da mesma.

Sendo assim, foi determinado monitoramento por 180 dias, com recolhimento domiciliar noturno das 20h às 6h e comparecimento ao Caps (Centro de Atenção Psicossocial) para tratamento de dependência química.

Comentários