Alunos da Rede Municipal de Ensino.(Foto/Divulgação)

O retorno está previsto em formato híbrido e segue sendo preparado pela SEMED

A prefeitura de Campo Grande anunciou na tarde desta segunda-feira (3), que a Secretaria Municipal de Educação (SEMED) pretende retornar de forma híbrida as aulas na rede.

O preparo para a volta as atividades se deram devido a imunização da classe de trabalhadores da educação. A data prevista da retomada para os alunos da Rede Municipal de Educação de Ensino (REME), é para o mês de julho, que teriam início logo após as férias que está programado para 2 a 26 de julho.

O decreto que suspende as aulas da rede municipal vai até o dia 1º de julho, porém o ensino não parou e manteve suas atividades no formato remoto.

Para a Secretária Municipal de Educação, Elza Fernandes, o início da vacinação dos profissionais que atuam na REME é um marco e representa importante passo para o retorno das aulas presenciais no segundo semestre de 2021.

“Iniciamos a vacinação para os trabalhadores da educação. É um momento muito gratificante para a educação pública municipal, pois, assim, temos perspectiva para retornar com as aulas presenciais no segundo semestre”, complementou a responsável pela pasta.

Para a retomada, a SEMED já adquiriu, por licitação, equipamentos de proteção (máscaras, álcool em gel e materiais de limpeza e higienização) que já estão disponíveis para atender aos professores, funcionários e alunos, quando o retorno presencial híbrido se concretizar. As escolas farão as adaptações necessárias, tais qual a instalação de dispenser de álcool, em locais estratégicos das unidades.

As ações pedagógicas para o retorno são de responsabilidade Superintendência de Gestão das Políticas Educacionais (SUPED) da Secretaria. Entre os preparos necessários, está a divisão dos alunos em cada turma, para evitar aglomerações.

O retorno de forma concreta será divulgado pela SEMED nos próximos meses. “Estamos atuando para garantir o retorno seguro no aspecto de biossegurança e para atender a qualquer situação específica na área pedagógica.”, concluiu o Superintendente da SUPED, Waldir Leonel.

Comentários