21/02/2020 16h05
Por: Sue Anne Calais

O sul-mato-grossense Sammer Campos Abdallah está em Lima, no Peru, junto à seleção brasileira, onde disputa a segunda edição da Copa Uana de Natação (2020 UANA Swimming Cup). A competição inicia nesta sexta-feira (21) e vai até domingo (23), com disputas no Centro Aquático de Viedma.

O atleta de Campo Grande, que completou 15 anos nesta segunda-feira (17), integra o programa Bolsa-Atleta (categoria estudantil), concedido pelo Governo do Estado, por meio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte).

Abdallah treina atualmente no Rádio Clube, onde é orientado pelos técnicos Durval Barbosa Filho e José Gehilson da Silva.

Na capital peruana, a delegação brasileira está representada por 36 nadadores. De acordo com a organização, a competição recebe 440 atletas de 25 países. A Copa é dividida entre atletas de 11 a 17 anos, em suas respectivas categorias.

Na última edição da Uana, em 2018, Sammer encerrou com a segunda colocação no quadro geral. No total, foram 45 medalhas conquistadas, sendo 22 de ouro, 10 de prata e 13 de bronze.

2019 em alta

Abdallah foi convocado pela Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) após brilhar em 2019.

Em setembro do ano passado, levou para casa cinco ouros em provas individuais, foi recorde nos 100m livre e teve o melhor índice técnico da categoria infantil do Torneio Centro-Oeste de Natação.

No mês seguinte, o jovem nadador fez história no Campeonato Internacional Infantil e Juvenil de Natação – Troféu Chico Piscina, ao ser o primeiro competidor de Mato Grosso do Sul a conquistar três medalhas em uma edição do campeonato.

Já na etapa dos Jogos Escolares da Juventude, Abdallah foi um dos destaques da delegação sul-mato-grossense, na categoria etária de 12 a 14 anos. O atleta obteve quatro medalhas: ouro nos 50m e 200m livre; bronze nos 100m livre e ainda ajudou sua equipe a conquistar o bronze no revezamento 4x50m livre.

Técnico do atleta, Durval Barbosa Filho, viu 2019 um excelente ano para o nadador e espera que este ano traga bons resultados, trazendo uma medalha, avalia.

Divulgação / Fundesporte

Comentários