A Polícia Federal, com o apoio da Força Nacional de Segurança Pública realizou a incineração de cerca de 30 toneladas de maconha apreendidas em Ponta Porã. Segundo informações policiais, essa é a maior incineração da história já realizada no Estado. Novo recorde: Polícia Federal queima 30 toneladas de maconha apreendidas em MS

Trata-se do sexto procedimento de destruição promovido pela Delegacia de Polícia Federal no município, neste ano, totalizando mais de 120 toneladas de entorpecentes incinerados. Do total, cerca de 80 toneladas resultaram da atuação direta de policiais federais.

Neste ano de 2020, a Polícia Federal do Mato Grosso do Sul tem batido recordes de apreensões de entorpecentes, em especial de maconha. Vale ressaltar que algumas ocorrências, tais como a ocorrida em 20 de maio de 2020, que resultou na apreensão de 28 toneladas de maconha, além das 22 toneladas de maconha apreendidas em 21 de julho, ambas com apoio da PRF.  

Além das apreensões recordes de maconha, a Polícia Federal de Ponta Porã/MS também apreendeu neste ano 405 kg de cocaína, quatorze granadas, quatro fuzis e diversas munições de armas de fogo. Conforme apurações, todos os objetos ilícitos apreendidos foram importados do Paraguai. Ainda de acordo com informações policiais, é importante mencionar as constantes prisões de foragidos vinculados a facções criminosas, oriundos das mais diversas regiões do País.

Novo recorde: Polícia Federal queima 30 toneladas de maconha apreendidas em MS

Comentários