(Foto: Denilson Secreta/PMCG)

Em continuidade às obras de recapeamento no Corredor de Transporte da Rui Barbosa, nesta quinta-feira (4), a via, entre a Rua Tonico Saad e Avenida Fernando Corrêa da Costa, ficará totalmente fechada. A previsão é liberar o trecho no mesmo dia.

 Até agora já foram recapeados quase 3,5 km dos 4 km do trajeto, que começa no viaduto da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e termina na Avenida Fernando Corrêa da Costa.

 A revitalização completa da Rui Barbosa dentro do Programa Reviva Campo Grande, compreende cerca de 7 km, seguindo da Universidade até a Avenida Rachid Neder. Com as mudanças, será o corredor de transporte mais moderno e tecnológico da cidade, com possibilidade de conferir o itinerário dos ônibus pelo celular, através de QR-Code, iluminação inteligente que aumenta conforme a aproximação do usuário e câmeras de videomonitoramento. Um espaço público mais seguro e acessível para todos.

 Ao longo da Rua Rui Barbosa, serão instaladas ainda, cinco estações de embarque e desembarque. 

 Os corredores de transporte receberão sinalização horizontal, vertical e semafórica completa. Os equipamentos semafóricos serão em tempo real, integrados à Central de Controle Integrado da Agetran. A via terá uma faixa exclusiva para o ônibus que poderá ser compartilhada apenas para acessar os imóveis e permitir a conversão à esquerda.

 Ficará proibida a conversão através das pistas de rolamento, passando na frente da estação de embarque/desembarque. Quanto aos estacionamentos, nas quadras onde não houver estação de embarque, o estacionamento ficará proibido dos dois lados.

Reviva Campo Grande

O programa Reviva Campo Grande tem financiamento do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) e a segunda e última etapa dos trabalho está prevista para ser entregue em Agosto. Ao todo, a revitalização do microcentro engloba 21 km de vias, num quadrilátero formado da Avenida Fernando Corrêa da Costa até a Avenida Mato Grosso, e da Avenida Calógeras até a Rua José Antônio. As ruas Dom Aquino, Marechal Rondon e Barão do Rio Branco terão uma área um pouco maior, até a Rua Joaquim Nabuco, no antigo Terminal Rodoviário.

Comentários