Divulgação

A cooperação técnica do CBMMS foi considerada inovadora e positiva pelos técnicos da OPAS

A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) que esteve em Mato Grosso do Sul avaliando a política local quanto ao enfrentamento à Covid-19, classificou como positiva, a cooperação técnica entre a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (SEJUSP), por meio do Corpo de Bombeiros Militar, com os técnicos da Secretaria de Estado de Saúde (SES). Para a OPAS, a iniciativa foi ‘inovadora e importante’ no desenvolvimento de ações estratégicas de combate ao Coronavírus.

Para o consultor de Vigilância, Preparação e Resposta a Emergências e Desastres, do escritório da OPAS e da OMS no Brasil, Rodrigo Frutuoso, a forte cooperação do Corpo de Bombeiros Militar foi uma surpresa em MS. “A gente teve a grata satisfação em ver o Corpo de Bombeiros Militar tão atuante durante esse período de pandemia. Essa corporação é importante e inova. Ficamos felizes em saber que houve essa atuação em conjunto com os técnicos da saúde”.

O entrosamento entre a Saúde e a Segurança Pública também foi comentado pelo representante do CONASS (Conselho Nacional de Secretários de Saúde), Fernando Avendanha, onde afirmou que participou de diversas missões realizadas pelo país, mas que esta foi a primeira vez que presenciou a excelente harmonia estabelecida entre militares e civis.

“Essa cooperação do Corpo de Bombeiros Militar com civis conseguiu fazer uma boa parceria neste enfrentamento. Percebemos uma harmonia tão leve que a gente começa a ter um olhar diferente, que é possível fazer ações como essa contando com a expertise do militar durante essas crises”, avalia Avendanha.

Segundo o Diretor de Saúde e Assessor Técnico do Corpo de Bombeiros Militar na SES, coronel Marcello Fraiha. “Os militares do Corpo de Bombeiros Militar foram disponibilizados como apoio de recursos humanos no fortalecimento em diversos setores da SES, mas claro, sem deixar faltar efetivo nos atendimentos diários à população”.

Entrosamento entre as equipes
Entre os pontos destacados pelos técnicos da OPAS como ‘boas práticas’ da SES ao enfrentamento à Covid-19 está a criação dos Drive-Thrus, que em determinado momento, chegou a oferecer simultaneamente a realização de testes rápidos e de RT-PCR (swab) nos quatro polos das macrorregiões de Mato Grosso do Sul. Atualmente, apenas o swab é oferecido nas unidades com resultado do exame disponibilizado em até 24 horas.

A médica infectologista, integrante do COE/MS, Mariana Croda, juntamente com o coronel Fraiha, lembraram de uma passagem de como surgiu o Drive-Thru. “Vimos um vídeo em que um país havia desenvolvido este tipo de serviço, e pensamos, vamos fazer?! Passou um final de semana, na segunda-feira, já estávamos com o Corpo de Bombeiros Militar tentando fazer isso e deu muito certo”, comemora.

Desde o início da pandemia em Mato Grosso do Sul, os militares do Corpo de Bombeiros Militar se tornaram peças-chaves nas medidas de enfrentamento à Covid-19. Parte do efetivo foi destacado para atuar em diversas frentes como: Barreiras Sanitárias, Drive-Thrus, Disk Coronavírus, além ações pontuais junto ao Lacen e na Escola Estadual Lúcia Martins Coelho, em Campo Grande.

Comentários