A operação foi deflagrada neste final de semana, com patrulhamento na região urbana, rural e também em distritos vizinhos

O comando da 3º Batalhão da Polícia Militar de Dourados (3°BPM), divulgou no início da manhã dessa segunda-feira (14) os resultados da Operação Dourados Mais Seguro, deflagrada durante o final de semana em todas as regiões da cidade e dos distritos vizinhos.

O atendimento via 190 teve a média de 1.200 ligações atendidas durante o período, sendo 300 atendimentos por dia.

Foram registrados 51 atendimentos, sendo 32 de cunho exclusivamente preventivo. 320 abordagens e 89 vistorias a veículos, que acabou resultando no cumprimento de três mandados de prisão e ainda o encaminhamento de cinco veículos ao pátio do Detran.

O objetivo dessa ação, segundo o Comandante do 3°BPM, Coronel Almeida, ” é ampliar a ostensividade da policia militar, distribuindo as equipes conforme o planejamento operacional voltado aos locais com mais incidência de determinados tipos de crimes”, afirma.

Os policiais ainda atenderam ainda ocorrências de furtos, tentativa de assalto, perturbação do sossego, acidentes de trânsito, embriaguez ao volante, injuria e violência doméstica. No total, 15 pessoas precisaram ser encaminhadas às delegacias por cometerem crimes ou contravenções penais.

O Coronel Almeida, ressalta que a maioria das prisões desse final de semana foram por violência domestica.

“Esse tipo de crime em sua maioria é realizado em casa, como brigas de casais, discussões e até mesmo agressões físicas e psicológicas. As abordagens preventivas se dão a todo momento e com o toque de recolher as 22 horas, facilita ainda mais as abordagens preventivas”, explica.

Afogamento

Uma das equipes da força tática atendeu na tarde deste domingo (13), uma ocorrência de afogamento em uma pedreira localizada na cidade de Dourados. Infelizmente a vítima, um rapaz de 23 anos veio a óbito.

“É importante a população ter consciência de que locais como a pedreira que ocorreu essa fatalidade aqui em Dourados e também nos rios da região, não possuem recursos como salva vidas e isso torna qualquer aci”dente ainda mais grave. A orientação do comando é que as pessoas só se utilizem de balneários legalizados e com total estrutura e segurança para que as pessoas possam desfrutar de momentos agradáveis sem correr riscos”, pondera.

O Coronel PM Almeida, orienta ainda que a população douradense obedeça ‘rigorosamente’ às normas de segurança para banhos em locais onde não exista a presença de salva-vidas. “E na dúvida sobre a profundidade do local, jamais entre na água”, alerta.

As ações de prevenção da Operação Dourados Mais Seguro continuarão durante toda a semana, contando com o reforço operacional de GETAM e Força Tática, além das equipes da RP.

Comentários