21.8 C
Campo Grande
terça-feira, 23 de abril, 2024
spot_img

Operação Guarda em Ação leva atendimento ao Jardim Noroeste

A Guarda Civil Metropolitana (GCM) instalou, nesta segunda-feira (01), a Base Móvel na Praça da Juventude, no Jardim Noroeste, localizado na saída para Três Lagoas. Este é o primeiro bairro da Região Urbana do Prosa a receber a Operação Guarda em Ação, que está em sua oitava semana de atendimento itinerante em Campo Grande. O serviço permanece por sete dias na região, atuando em averiguações, ações preventivas e repressivas, e no combate ao furto de fios e outras situações de violência.

Operação Guarda em Ação leva atendimento ao Jardim Noroeste
Foto: PMCG

“Estávamos acompanhando a operação pelos noticiários e vendo os bons resultados, já esperando quando chegaria a vez do nosso bairro. É muito bem-vindo, ainda mais aqui em nossa praça. Temos uma grande quantidade de comércio no entorno, o que já une o útil ao agradável, já que traz proteção para os frequentadores do nosso espaço de lazer e esportivo e também para os comerciantes e seus clientes”, aponta Luiz Carlos Ramires, membro da Associação Esportiva do Jardim Noroeste.

Operação Guarda em Ação leva atendimento ao Jardim Noroeste
Foto: PMCG

A Base Móvel opera das 7h às 22h com rondas e atendimento aos anseios da população. Além disso, conta com os serviços de apoio da Patrulha Maria da Penha, Trânsito e Patrulha Ambiental. Segundo censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o bairro apresenta um dos maiores números de crianças e adolescentes da Capital (32,7% da população).

Carlos Henrique Faustino Rosa é membro do Conselho de Segurança da Região do Prosa e afirma que o serviço da Base Móvel pode ajudar a monitorar os casos de violência doméstica que ocorrem com frequência na extensão periférica da cidade. “Temos muitos jovens e crianças aqui no Noroeste e, infelizmente, também casos de violência, incluindo os contra mulheres. Há pouco tempo, tivemos um caso que repercutiu sobre um menino que foi agredido com o cabo de rodo, registrado por câmeras de segurança particulares. Precisávamos desse apoio do poder público para amenizar essa situação no Noroeste”, disse.

Operação Guarda em Ação leva atendimento ao Jardim Noroeste
Foot: PMCG

A operação conta com 4 viaturas de 4 rodas e 6 motos que dão suporte e reforço no bairro, além da Ronda Ostensiva Municipal (Romu) e Grupamento Especializado de Motopatrulhamento (GEMOP) para trabalhos na segurança da região. A Base Móvel abriga equipes responsáveis pela atuação em rondas preventivas, atendimentos, serviços de apoio como Patrulha Maria da Penha, Trânsito e Patrulha Ambiental, orientação à população com as demandas trazidas por ela, bem como o recebimento de denúncias via 153.

Operação Guarda em Ação leva atendimento ao Jardim Noroeste
Foto: PMCG

“Ficaremos aqui até o próximo domingo (07) e posteriormente iremos para outra região, assim como no início do projeto, abrangendo as sete regiões de Campo Grande. Já tivemos ótimos resultados durante as sete semanas de operação, uma das ações que mais pontuamos foi no Portal Caiobá, Região Urbana do Lagoa, porque, infelizmente, foi uma região que, no final do ano, teve um índice alto de motociclistas realizando manobras perigosas, tiros e outras ocorrências que geraram uma repercussão muito grande. A GCM empregou o maior efetivo naquela região e surtiu efeito em questão de notificações e até prisões. Levamos também a Operação Ferro Velho, que consiste em uma fiscalização, principalmente inibindo a comercialização de materiais ilícitos, como o cobre. Todos esses serviços estarão aqui, nesta semana, no Jardim Noroeste”, pontua Anderson Gonzaga, Secretário Especial de Segurança Pública e Defesa Social (Sesdes).

Operação Guarda em Ação leva atendimento ao Jardim Noroeste
Foto: PMCG

A Operação Guarda em Ação chega à sua oitava semana, atendendo agora o primeiro bairro da Região Urbana do Prosa, o Jardim Noroeste. O projeto iniciou a sua primeira edição no dia 5 de fevereiro no Bairro Caiobá, onde permaneceu até o dia 11, contemplando a região da Lagoa. Do dia 12 até o dia 18 de fevereiro, a base contemplou a região Central, em frente à Morada dos Baís. Do dia 19 ao dia 25 de fevereiro, o dispositivo de segurança contemplou o primeiro bairro da Região Segredo, o Nova Lima. Do dia 26 de fevereiro ao dia 1º de março, a base migrou para a Região Anhanduizinho onde permaneceu por quatro semanas na mesma região. A ação atendeu primeiramente o Bairro Alves Pereira, e depois realizou a ação nos bairros: Los Angeles, Jardim Canguru e Guanandi.

Fale com a Redação