Esteticista dá dicas para reforçar os cuidados na estação que tem temperaturas mais baixas e clima seco

Ventinho mais frio, tempo mais seco. A dupla pode judiar das peles mais sensíveis agora no outono, que começou no último sábado (20) e segue até o dia 20 de junho.


Para minimizar os impactos da estação na pele, a coordenadora do curso de Estética e Cosmética da Estácio Campo Grande, Inara Lopes Miranda de Assis, dá algumas dicas.


A primeira delas é hidratar e muito. “A hidratação é de extrema importância, pois é necessário repor a água e sais minerais que se perdem, além da ingestão adequada de água que ajuda muito também”, explica Inara.


Além de hidratar, ela lembra que é necessário higienizar corretamente e evitar água quente no rosto para que não resseque ainda mais a pele. À medida que os anos passam, a pele fica mais fina. Nestes casos, o cuidado deve ser redobrado. “Além de mais fina, a pele, geralmente, fica mais ressecada. A principal orientação é evitar banhos quentes por conta do vapor do chuveiro e, logo em seguida, hidratar rapidamente e quantas vezes for necessário. Os lábios também precisam de hidratação”, orienta a esteticista.


Apesar da estação exigir mais atenção, a rotina de cuidados com a pele deve ser permanente. Higienização, hidratação e proteção, com protetor solar devem ser os passos a serem seguidos. Iara lembra que os produtos usados devem ser específicos para a pele.


Quem ainda não tem uma rotina com a pele, a orientação é procurar um profissional. “É importante procurar um profissional esteticista para avaliar a pele e receber instruções individualizadas”.

Comentários