(Foto: João Braga/Reprodução)

Mariana Vitória Vieira de 19 anos, morreu no início da manhã deste sábado (15), após subir em capô de carro para impedir o namorado de dirigir, que estaria bêbado. O motorista, de 19 anos, foi levado para a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam).

De acordo com à polícia, o casal teria tido uma discussão, na por volta das 4h30, em um bar na Avenida Afonso Pena, sendo que Mariana não queria deixar ele ir embora com o veículo, já que estava com sinais de embriaguez alcoólica.

Então, a jovem teria subido no capô do veículo, na tentativa de impedir que o namorado dirigisse, mas ele arrancou com o carro mesmo assim, indo da Avenida Afonso Pena em direção à Via Parque, em alta velocidade.

Já na Avenida Arquiteto Rubens Gil de Camilo, que fica nas proximidades da Afonso Pena, ele bateu o veículo no meio-fio, em seguida no poste em uma curva e a vítima foi arremessada à frente do carro. Na sequência, ele teria passado com o veículo por cima do corpo de Mariana e só parando a cerca de 50 metros à frente.

Mariana morreu com múltiplas fraturas e haviam marcas de pneu na região da barriga da jovem.

O rapaz foi submetido ao teste do bafômetro, pelos policiais militares do Batalhão de Trânsito, que acusou 0,89 mg/l.

Ele foi preso em flagrante e encaminhado para a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, onde deve ser autuado por feminicídio e embriaguez ao volante.

Comentários