Mercado Livre e PayPal deram mais um passo na ampliação da sua parceria e anunciaram a integração dos serviços de meios de pagamento das duas companhias no Brasil e no México. A partir de agora, o PayPal está disponível como opção de pagamento em comércios online que aceitam Mercado Pago.

Desde dezembro passado, as empresas já permitiam que os usuários do Brasil e do México realizassem transações financeiras para qualquer parte do mundo através do  Mercado Pago. Com este novo anúncio, tanto o check-out on-line, quanto pagamento por link, poderão ser feitos via PayPal.

“O Mercado Livre e o PayPal compartilham uma visão de permitir que os comerciantes possam competir e expandir de forma global o varejo on-line”, diz Federico Gomez Schumacher, gerente geral do PayPal Brasil e México. “Ao trabalhar em conjunto, aproveitamos nossa escala e capacidades para ajudar a impulsionar a inclusão e o acesso à economia digital global”.

Na prática, residentes do Brasil e do México, que estejam acessando o Mercado Livre de outros países, poderão usar o PayPal como meio de pagamento de suas compras. Os estrangeiros que efetuarem compras no marketplace do Mercado Livre de qualquer lugar do mundo com entrega no Brasil e no México também poderão usar o PayPal como alternativa de pagamento.

Para os vendedores, o meio de pagamento estará disponível via check-out on-line para transações dentro e fora do Brasil e México. Nesse primeiro momento, a parceria estará disponível apenas para transações realizadas via web, via celular ou computador, e será disponibilizada via app até o final do terceiro trimestre deste ano. A integração com Mercado Pago deve estar concluída até meados de agosto.

A ampliação da parceria ocorre depois que o PayPal se comprometeu a fazer um investimento de US$ 750 milhões no Mercado Livre através de uma oferta de ações, realizada em março de 2019. Como próximo passo, usuários do Mercado Pago no Brasil e no México poderão receber remessas da Xoom (serviço de transferências internacionais de recursos do PayPal Holdings Inc.) em suas contas do Mercado Pago nos próximos meses.

Por: Olhar Digital

Comentários