A PC-MS (Polícia Civil de MS), através da Delegacia de Nova Alvorada do Sul, desenvolveu uma investigação para apurar a prática de envio de mercadorias de importação proibida para Campo Grande e outros Estados da federação. Os acusados, dois homens de 35 e 48 anos, utilizavam empresa de transporte regular para enviar as mercadorias importadas ilicitamente, principalmente para o estado de São Paulo. Os produtos, em diversas espécies, já seriam irregulares pela quantia vinda de outro pais e ainda tinham notas fiscais falsificadas.

Conforme a PC, o Setor de Investigação Geral da unidade localizou o depósito onde era escondido os objetos e monitorou o momento em que era embarcado em um caminhão, localizando em seu interior mais de 35 fardos de mercadorias com notas fiscais falsas. O valor da carga foi estimado em ao menos R$ 1.800,00.

PC prende dois por contrabando enviado em transporte regular e com notas falsa

Na Delegacia, os suspeitos permaneceram em silêncio, mas testemunhas comprovaram que havia a prática reiterada de embarque de mercadorias ilegais na empresa de transporte.

Dentre os materiais apreendidos estavam cigarros eletrônicos, essência de narguile, relógios e perfumes, os quais serão encaminhados para a Receita Federal.

Os dois homens foram detidos e responderão por contrabando, descaminho e uso de documento falso.

Comentários