14/04/2020 18h50
Por: Redação

Em Mato Grosso do Sul, a partir desta quarta-feira (15), o pecuarista já pode adquirir as doses da vacina contra a febre aftosa, antecipadamente, sem que seja necessário solicitar autorização na Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal).

Conforme Portaria publicada no Diário Oficial nesta segunda-feira (13), a campanha terá início oficial em todo o Estado no dia 1º de maio – obedecendo aos períodos legais para vacinação e registro – mas, os pedidos de antecipação serão dispensados de cumprir os protocolos exigidos anteriormente, como: Protocolar requerimento, justificar o motivo da antecipação, e obter parecer do inspetor local.

Segundo explicou o Diretor Presidente da Agencia, Daniel Ingold, o calendário de vacinação foi mantido e o pedido de antecipação foi flexibilizado, considerando orientações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) como medidas de contenção da pandemia da Covid-19. “Por conta dessa pandemia, estamos abrindo mão da necessidade de deslocamento desse pecuarista até as unidades da Iagro. Aquele que tiver interesse em antecipar as compras e a vacinação a partir de amanhã, dia 15 de abril, já pode procurar a revenda e adquirir as doses”.

Segundo o Secretário Jaime Verruck, titular da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), as medidas que vem sendo tomadas são fundamentais para manter os serviços essenciais e evitar o desabastecimento durante esse período em que se mostra fundamental a necessidade do ‘isolamento social’. “O Pecuarista de Mato Grosso do Sul sempre foi um grande parceiro do Governo do Estado. Enfrentamos e vencemos grandes dificuldades e com certeza, vamos superar esse período difícil que estamos atravessando”, completou.

Conforme Calendário – que prevê a vacinação de todo rebanho nesta etapa – em todas as regiões sanitárias do Estado (Planalto, Fronteira e Pantanal) a partir de dia 15 de abril as doses já podem ser adquiridas, a vacinação dos animais das regiões do planalto e fronteira terminam em 31 de maio e a declaração de vacinação, no sistema, para os pecuaristas destas duas regiões termina em 15 de junho. O Pantanal, dada suas peculiaridades, continua com data diferenciada. A vacinação termina em 15 de junho e a declaração pode ser feita até 30 de junho.

Ainda segundo o Secretário Jaime Verruck, que é presidente do Comitê Gestor do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA), em Mato Grosso do Sul as ações do plano que prevê a retirada da vacinação até 2021 estão mantidas.

Pecuaristas de MS já podem comprar vacinas contra aftosa a partir desta quarta-feira

Pecuaristas de MS já podem comprar vacinas contra aftosa a partir desta quarta-feira

Comentários