Local onde ocorreu o crime. Redes sociais

Ailton Larucci de 25 anos conhecido como BMW do  Primeiro Comando da Capital (PCC) foi executado a tiros na noite desta terça-feira (24) na Rua Eugênio Perón, no Jardim Zé Pereira, em Campo Grande, por uma dupla em uma moto vermelha. A vítima já havia sofrido um atentado, cerca de três meses atrás, estando o autor em uma motocicleta da mesma cor, utilizada no crime de ontem.

Testemunhas apontaram que os executores estavam em uma motocicleta de cor vermelha e que o garupa teria efetuado entre 6 e 7 disparos. Ele ainda teria tentado correr, porém caiu ao solo e morreu no local, antes da chegada do socorro. Após o crime, a dupla tomou rumo ignorado.

Ele foi atingido por três disparos, sendo dois na cabeça e um no abdômen.

A vítima há 3 meses, sofreu uma tentativa de assassinato na mesma rua em que foi morto ontem. A época, 11 de julho, ele estava na esquina da rua Eugênio Peron com a Rua Nipoã, quando foi alvejado por homem que passou na garupa de motocicleta. O crime ocorreu por volta da 1h45.

A polícia foi acionada e ele contou que “estava na esquina quando uma moto de cor vermelha passou e tentaram atirar contra ele”. A vítima relatou ter corrido, mas caiu no chão. Levado à Unidade de Pronto Atendimento (Upa) Vila Almeida, equipe médica constatou que foi perfurado no lado esquerdo do peito.

De forma suspeita, recusou atendimento, foi medicado e liberado após autorização médica, já que não corria risco de vida. Ele disse aos policiais que desconhece a dupla na moto ou qualquer motivo da tentativa de homicídio.

Comentários