Em duas ocorrências na manhã desta terça-feira (30), o 3º Batalhão de Polícia Militar de Dourados prendeu cinco pessoas envolvidas com a venda de drogas sintéticas LSD (Ácido Lisérgico) que eram recebidas por encomendas dos Correios.

Na primeira apreensão, foram presos três jovens de 19, 24 e 29 anos, flagrados de posse de maconha e da droga sintética, após ação do Grupamento Especial Tático de Motos (Getam) com apoio da Agência Local de Inteligência (ALI.

Os policiais militares receberam informações que estaria recebendo uma quantia de drogas em uma correspondência, despachada através dos Correios. A abordagem foi realizada na Rua Olga Barroso da Silva no Bairro Izidro Pedroso.

Na abordagem ao jovem de 21 anos foi encontrado a correspondência e dentro dela 50 micropontos da droga conhecida como LSD (ácido lisérgico). O Jovem acabou relatando que ele e os comparsas receberam a droga e revenderia pela quantia de 50 reais o microponto.

Foi realizada buscas na residência e localizado várias sacolas e potes contendo maconha. A droga totalizou 230 gramas. Foram apreendidos ainda 610 reais em dinheiro, uma balança de precisão e diversos sacos zip para acondicionar a droga para a venda.

Os acusados informaram que todo “negócio” da compra da droga foi firmado por telefone e aplicativo de mensagem.

PM de Dourados faz duas apreensões de drogas sintéticas em encomendas dos Correios

Outra apreensão

Dessa vez dois jovens sendo um feminino de 25 anos e um masculino de 21 anos, foram presos no início da tarde, na posse de maconha e de LSD.

Desta vez uma equipe da Força Tática do 3º BPM recebeu informações que em um bar na rua DA17 no conjunto habitacional Dioclécio Artuzi, estaria sendo comercializado drogas sintéticas. Durante abordagem na região foi encontrado um usuário de drogas que estaria indo comprar a droga naquela localidade.

Durante abordagem um dos acusados foi flagrado em um dos cômodos da casa embalando a droga. Foram localizados durantes as buscas 220 gramas de maconha, uma grama de cocaína, dois pés de maconha e dentro de um envelope 249 micropontos de LSD (ácido lisérgico).

Foram apreendidos ainda 90 reais em dinheiro provenientes da venda da droga.

Os cinco jovens foram encaminhados ao 2º Distrito Policial, juntamente com todo o material apreendido.

LSD

LSD é a sigla de Lysergsäurediethylamid, palavra alemã para a dietilamida do ácido lisérgico, que é uma das mais potentes substâncias alucinógenas conhecidas.

Os efeitos variam conforme a psique da pessoa, considerando sobretudo seu estado psicológico momentâneo e o contexto físico em que se insere (ambiente), podendo ser agradáveis ou muito desagradáveis. A maioria dos estudos apontam que “impurezas” na substância não são importantes, por serem inativas, e nas doses tradicionais (minúsculas) não há espaço para outros psicoativos. 

A droga pode provocar ilusões, alucinações (auditivas e visuais), grande sensibilidade sensorial (cores mais brilhantes, percepção de sons imperceptíveis), sinestesias, delírios místicos, flashbacks, paranóia, alteração da noção temporal e espacial, confusão, pensamento desordenado, despersonalização. Esses efeitos são atribuídos à alteração temporária do sistema nervoso central.

Comentários