Helicóptero caiu em um assentamento, em Rosana (SP). André Cerilo da Silva

O helicóptero de pequeno porte caiu na manhã deste domingo (11) no Assentamento Nova Pontal, da cidade paulista.

Equipes da Força Tática e Rádio Patrulha da Polícia Militar, em Dourados, prenderam no inicio da tarde deste domingo (11), um piloto de 39 anos, ex-policial rodoviário federal, por atentado contra a segurança de transporte aéreo. Ele é suspeito de estar pilotando um helicóptero de pequeno porte que caiu na manhã de hoje no Assentamento Nova Pontal, em Rosana (SP). De acordo com o Corpo de Bombeiros paulista, o acidente foi registrado por volta das 8h22 e não houve vítimas.

Os policiais militares de Dourados foram comunicados pelos colegas de São Paulo que o piloto teria deixado o local do acidente, após pedir socorro a um sitiante até o distrito de Primavera (SP), onde pegou um táxi em direção a Mato Grosso do Sul.

Com as características do veículo e informações de grupos policiais de WhatsApp, o suspeito foi localizado em Dourados, próximo a rodoviária. Ao perceber a presença policial, o homem tentou fuga a pé por quatro quadras, mas acabou sendo alcançado e detido.

Questionado, ele negou em primeiro momento ser piloto da aeronave, mas depois acabou confessando, porém sem saber explicar o motivo da queda, segundo registro policial.

Com ele, os policiais apreenderam um celular, uma chave de veículo, alguns tickets de embarque em aviões e uma bolsa de cor preta, contendo ouros e objetos pessoais.

PM de Dourados prende piloto de helicóptero que caiu em Rosana (SP)
André Cerilo da Silva

A queda

O helicóptero de pequeno porte caiu na manhã de hoje (12) em assentamento rural em Rosana (SP). Com o impacto, o local pegou fogo e a aeronave ficou destruída. A área onde a aeronave caiu é formada por chácaras e matas nas proximidades.

Além dos bombeiros, equipes das Polícias Civil e Militar também estiveram no local do acidente. O delegado da Polícia Civil Edmar Rogério Dias Caparroz informou que uma testemunha viu o piloto sair da aeronave antes dela pegar fogo, segundo informações do G1SP.

O piloto acabou fugindo para MS, onde foi localizado e preso pela PM de Dourados.

Ainda conforme o delegado, a perícia foi acionada para comparecer ao local e a Aeronáutica também foi comunicada do acidente.

Comentários