A Polícia Militar Ambiental resgatou nesta terça-feira (4) três aves feridos por linha de cerol em Campo Grande: uma arara, no Jardim Nhanhá; e uma maracanã e um periquito, os dois no bairro São Conrado.  O periquito não resistiu aos ferimentos e morreu. Já a maracanã, ferida na cabeça, está em estado grave. 

Em média, cinco animais são capturados por dia pela PMA. Uma grande parte deles são aves feridas por linha de pipa.

Além desses animais, uma outra arara foi recolhida por ter aparecido no quintal de uma residência no bairro Jardim Campo Nobre. De acordo com a PMA, a ave aparentava ter fugido de algum cativeiro, pois era extremamente dócil e acostumada com o contato humano.

Já no centro da cidade, na avenida Afonso Pena, uma moradora acionou a PMA para capturar um gambá dentro de uma lixeira. Quando os Policiais chegaram o bicho estava dormindo no local.  

Todos os animais foram encaminhados ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), na Capital.Tocador de vídeo00:0000:22Tocador de vídeo00:0000:09

PMA

Comentários