5ª Delegacia de Polícia de Campo Grande. (Foto/Divulgação)

Na época, testemunhas relataram que o crime havia sido cometido por um grupo fortemente armado

A Polícia Civil, através da 5ª Delegacia de Polícia de Campo Grande, identificou e prendeu os suspeitos que teriam cometido um triplo homicídio e uma tentativa de homicídio ocorrido no dia 31 de outubro do ano passado, na Capital. O crime teria na ocasião em que duas pessoas chegaram ao local em um veículo, armados com uma arma calibre 12 e de uma segunda de calibre .40 e efetivaram vários disparos matando as três vítimas dentro do veículo. Em seguida eles retornaram para matar a quarta vítima, porém a arma teria falhado.

Na época, testemunhas relataram que o crime havia sido cometido por um grupo fortemente armado. As vítimas foram três homens com 25, 36 e 20 anos .

De acordo com o responsável pela investigação, delegado titular da 5ª Delegacia de Polícia, Gustavo de Oliveira Bueno, três pessoas, sendo dois homens e uma mulher com idades de 22, 30 e 31, foram identificadas como autoras das execuções. Eles foram presos temporariamente, e agora se encontram presos preventivamente.

A motivação teria sido por vingança em relação a morte de um comparsa de um dos autores.

Os três responderão pelos crimes de homicídio simples na forma tentada; homicídio qualificado pela traição, de emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa do ofendido; e homicídio doloso, se o crime é praticado em concurso de duas ou mais pessoas.

Com a conclusão do Inquérito Policial, o próximo ato aguardado é que o mesmo seja encaminhado ao Poder Judiciário.

Comentários