Na tarde de ontem (25), policiais civis da Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (Denar) prenderam, em flagrante, um indivíduo de 22 anos, suspeito de tráfico de drogas através de redes sociais. Ele atendia nas regiões do centro e Vila Taquarussu.

O rapaz foi abordado pela Polícia Militar no centro da cidade com uma porção de skunk e conduzido para a Especializada para lavratura do Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). Contudo, após ser entrevistado pelos investigadores da Denar, descobriu-se que o detido era denunciado por tráfico de drogas e que atuava em redes sociais.

Na casa do suspeito localizada no bairro Taquarussu, os investigadores encontraram quase meio quilo de maconha do tipo skunk, também vulgarmente chamada de “bucha”, prontas para distribuição. 

Na casa também foi apreendido um simulacro de arma de fogo do tipo pistola.

O detido já tinha uma passagem por tráfico de drogas no ano de 2017 e, segundo ele, estava cumprindo serviços em órgãos públicos nesta capital.

Após caracterizadas as circunstâncias típicas de tráfico de drogas, o suspeito foi detido em flagrante pelo plantão da Denar e está sendo encaminhado ao Poder Judiciário para custódia.

Comentários