CNH. (Foto: Arquivo Enfoque)

Após aumento em tempo para documentos vencidos devido à pandemia em 2022 processo volta ao normal

Em 2021 muitos prazos e processos foram alterados em função da pandemia de coronavírus, o da renovação da CNH foi um deles, que ganhou uma colher de chá com o aumento do tempo de vencimento do documento.

Conforme dados do Detran, de janeiro de 2020 e dezembro de 2021, 1.101.651 milhão de CNH´s venceram. Deste total, 23% dos condutores ainda não retornaram para a renovação, o que corresponde a 250.562 mil carteiras de motoristas fora da validade circulando. No entanto, vale destacar que a maioria optou por colocar a habilitação em dia, ou seja, 77% do total, o que representa 851.089 mil. A retomada dos prazos foi estabelecida pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito).

De acordo com informações da diretora de Habilitação do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) Lina Issa Zeinab, o condutor que teve o documento vencido em janeiro do ano passado, tem até janeiro deste ano para a renovação. O mesmo é válido para os demais meses de 2021.

“Já aqueles que tiveram o documento vencido em 2022 precisam retomar a regra habitual. Ou seja, não há mais prorrogação. O prazo volta ao normal e o motorista tem até 30 dias após o vencimento para que não sofra nenhum tipo de autuação caso seja abordado em uma fiscalização de trânsito”, afirmou.

Comentários