Resolução da Secretaria Municipal de Inovação, Desenvolvimento Econômico e Agronegócio (Sidagro), publicada na edição desta terça-feira (16) do Diogrande, destaca a nomeação dos membros do Grupo Especial de Estudo – GEE do projeto de implantação do Parque Tecnológico e de Inovação de Campo Grande – Estação Digital.

Essa é mais uma etapa realizada pela Prefeitura Municipal visando intensificar os estudos para definir os aspectos, arquitetônicos e financeiros, para implantação da Estação Digital, projeto que faz parte do Reviva Campo Grande, programa que vai contribuir para a recuperação econômica do Município, gerando emprego e renda.

O GEE é formado por 42 pessoas oriundas do poder executivo municipal e estadual, do legislativo municipal, institutos de ciência e tecnologia, entidades de classes e pessoas com notório conhecimento do tema.

A posse dos membros do GEE deverá ocorrer no dia 23 de novembro, com presença de Paulo Roberto Aragão Ramalho, Diretor de Tecnologia e Inovação do Fundo Nacional de Desenvolvimento de Educação (FNDE), órgão do Ministério da Educação. Ramalho é umas das principais autoridades na implantação de Parques Tecnológicos do Brasil. Sendo assim, nessa vinda a Campo Grande ele dará uma mentoria à equipe da SIDAGRO, sobre o projeto de implantação do Parque Tecnológico e de Inovação.

Local Histórico

O local provável que em futuro próximo poderá ser implantada a Estação Digital é onde funciona atualmente o Armazém Cultural, na Esplanada Ferroviária, espaço histórico que já teve um grande significado para o desenvolvimento de Campo Grande.

“A proposta é trazer para este local na área central da Capital a importância histórica dessa região, instalando aqui o Parque Tecnológico e de Inovação de Campo Grande, a Estação Digital” afirma Rodrigo Terra, titular da Sidagro.

O grupo especial de trabalho nomeado hoje terá como meta subsidiar o estudo e a estruturação do projeto e as demais ações, com  finalidade de estruturar e elaborar a governança que será empregada no referido Parque. É esperado que a Estação Digital seja o mecanismo adequado para a capacitação em novas tecnologias gerenciais, criando mecanismo para atualização tecnológica dos negócios em Campo Grande. Com a incorporação de novas abordagens mercadológicas deverá ocorrer também a modernização geral das estruturas e práticas negociais.

Conforme Catiana Sabadin, titular da Subsecretaria de Gestão de Projetos Estratégicos (Sugepe), “o projeto precisa ser construído com a participação de todos, ouvindo e discutindo sugestões para a elaboração de um bom projeto.”

Grupo Nomeado

O Grupo Especial de Trabalho  nomeado hoje com publicação no Diogrande é o seguinte:

  • Da Sidagro: Diego Bezerra de Souza, Luan Argemon Vieira, Talita de Cassia Trindade, Cibele Martinez Trivelato de Oliveira e Allan Rios Bezerra;
  • Da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo – Sectur: Joelma Arguelho Fernando Batiston;
  • Da Subsecretaria de Gestão e Projetos Estratégicos – Sugepe: Ângelo Mateus Prochmann e Allan Mendes Duarte;
  • Da Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação – Agtec: Paulo Fernando Garcia Cardoso e Jeferson Bussula Pinheiro;
  • Da Câmara Municipal de Campo Grande: Otávio Augusto Trad Martins e Camila Bazachi Jara;
  • Da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar – Semagro:  Marina Hojaiji Dobashi e  Valdecir Alves da Silva;
  • Da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul – Fundect: Márcio de Araújo Pereira e Nalvo Franco de Almeida Junior;
  • Da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul – UEMS: Djanires Lageado Neto de Jesus e Jonattan Rodrigues Castelli;
  • Da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – UFMS: Saulo Gomes Moreira, Jardel Pauber Matos e Silva;
  • Do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul – IFMS: Felipe Fernandes de Oliveira;
  • Da Universidade Católica Dom Bosco – UCDB: Cristiano Marcelo Espindola e Vinícius Lugo Samudio;
  • Da Universidade Anhanguera – Uniderp: Jeferson de Paula Almeida e Adriane Cristina Correa Soares Veronez;
  • Do Centro Universitário Unigran Capital – Unigran: Mariana de Barros Casagranda Akamine;
  • Da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa Campo Grande: Pedro Paulo Pires Valdemir e Antônio Laura;
  • Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae: Leandra Costa Oliveira e Luciene dos Santos Errobidart Mattos;
  • Secção de Mato Grosso do Sul da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB/MS: Bruno Eduardo Peixoto Lupoli e Caio Cesar Pereira de Moura Kai;
  • Do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – Iphan: André Pereira Vilela e Rachel Krul Tessari;
  • Do Conselho Municipal de Políticas Culturais – CMPC: Carla Aparecida de Campos Melo e Rose Aparecida Borges;
  • Do Conselho Municipal de Proteção ao Patrimônio Histórico – CMPPH: Roberto de Figueiredo;

Convidados com notório conhecimento: Maria Madalena Dib Mereb Greco, José Pedro Ventura Pereira Da Brasia, Anselmo Cassiano e Filipe Antônio Trindade.

Fonte: Ascom PMCG

Comentários