02/06/2020 16h45
Da redação

Servidores públicos municipais de Dourados que contraíram empréstimos consignados com as instituições financeiras devem procurar as agências bancárias para a renegociação de suas dívidas. A orientação é da Secretaria Municipal de Administração.

A edição desta terça-feira (2) do Diário Oficial do Município publica a Lei nº 4.506, de 29 de maio de 2020, promulgada pelo presidente da Câmara Municipal, Alan Guedes, e que dispõe sobre o cumprimento das obrigações financeiras referentes a empréstimos consignados contraídos por servidores públicos municipais. Estão incluídos na lei os servidores da Prefeitura, da Câmara Municipal e do Previd (Instituto De Previdência).

A Secretaria de Administração, como responsável pela averbação dos contratos, orienta os servidores interessados na renegociação que entrem em contato com as agências bancárias com as quais possuem consignados para a renegociação, por telefone, pois o atendimento nesse período é somente por agendamento.

“A averbação dos contratos de renegociação é realizada somente pela agência bancária em que o servidor detém o consignado, que posteriormente serão importados, via online, para a folha de pagamentos da Secretaria de Administração”, explica a secretária da Pasta, Elaine Boschetti Trota.

Serviço

Os bancos conveniados são o Bradesco da Joaquim T. Alves (telefone 2108-8300) e da Presidente Vargas (2108-5800); Banco do Brasil da Joaquim T. Alves (2420-6200) e da Weimar Torres (0800-7290722); Caixa Econômica Federal, nova agência da Marcelino Pires (2108-8000), da Weimar Torres (2108-8100), da Hayel Bon Faker (3410-8200) e da Marcelino Pires, próximo à Câmara e Shopping (3410-7700); Santander da Weimar Torres (3410-1600) e Sicredi da Weimar Torres (3410-1150, 3410-1151), da Marcelino Pires (3428-3262), Hayel Bon Faker (3423-1617), Manoel Santiago (3426-0627) e da Antonio E. Figueiredo (3426-0156 e 3426-0009).

Divulgação

Comentários