Atividades destacaram a luta e os direitos das pessoas com sofrimento mental (Foto: Prefeitura de Dourados)

Na manhã desta quarta-feira (18), a Prefeitura Municipal, por meio da Sems (Secretaria Municipal de Saúde), realizou o Dia de Luta Antimanicomial no Parque dos Ipês. A data é um marco para a saúde mental, o movimento se caracteriza pela luta e pelos direitos das pessoas com sofrimento mental.

O Departamento de Atenção Especializada preparou várias atividades como roda de conversa, exposição de trabalhos dos alunos dos cursos de Psicologia e Enfermagem de faculdades de Dourados, atividades físicas, fotografias, mural e desenhos. 

O diretor da Atenção Especializada, Fábio Hortelan, destacou a importância do evento. “O dia 18 de maio é um movimento que nasceu na década de 1987  por causa da mudança do modelo de ‘depósito’ de gente, aqueles hospitais psiquiátricos com condições desumanas. A partir daí, nasceu uma nova abordagem social, com práticas corporais, autocuidado e devolver o cidadão para a sociedade. Nosso objetivo hoje é trazer uma reflexão sobre o assunto”, explicou Fábio.

“Dourados oferece vários atendimentos dentro da saúde mental. Temos o Ambulatório, tanto adulto quanto  infantil, que funcionam no PAM (Pronto Atendimento Médico) e no PAI (Policlínica de Atendimento Infantil), Caps (Centro de Atendimento Psicossocial) para atendimento para problemas com álcool e drogas e transtornos mentais graves, vinculado ao Caps temos a Residência Terapêutica para pessoas que precisam de longa permanência, por que perderam contato com a família”, detalhou o diretor. 

Serviços:

PAM

Endereço: rua Dr. Vanilton Finamore, 289 – Vila Industrial

(67) 3424-4070

CAM

Endereço: rua Frei Antônio, 1651-1705 – Conj. Hab. Terra Roxa

(67) 3411-9605

Caps

Endereço: R. Ponta Porã, 2260 – Vila Tonani I

Endereço: R. Maj. Capilé, 1432 – Jardim America

Comentários