22.8 C
Campo Grande
quarta-feira, 22 de maio, 2024
spot_img

Prepare o bolso: medicamentos vão subir até 4,5% a partir deste domingo

O percentual foi definido pelo conselho da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos e publicado nesta sexta-feira (29)

O Governo Federal, por meio da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED), autorizou o ajuste anual dos preços de medicamentos em até 4,5%, a partir de domingo (31), conforme publicação no Diário Oficial da União (DOU) de hoje (29).

O índice de reajuste anual dos medicamentos se baseia na fórmula de cálculo elaborada pelo órgão ligado à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), seguindo a variação do Índice de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA) calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e divulgado no último dia 12 de março.

De acordo com o governo, esse é o menor valor praticado desde 2020. Vale ressaltar que o percentual não é um aumento automático nos preços, mas uma definição de teto permitido de reajuste.

O reajuste deve atingir cerca de 13 mil produtos.

De acordo com a resolução, o ajuste máximo de preços de medicamentos permitido será o seguinte: nível 1 (4,50%), nível 2 (4,50%) e nível 3 (4,50%). As empresas poderão fazer o reajuste no prazo de até 15 dias após a publicação da portaria, que é assinada por Daniela Marreco Cerqueira. 

Dicas para economizar

O ideal é pesquisar, comparar e antecipar as compras. Confira as dicas do diretor e fundador da CliqueFarma, Angelo Miguel Alves:

  • pesquise preços: compare os preços de diferentes farmácias locais e online, que podem oferecer descontos específicos para determinados medicamentos;
  • compre em quantidade: verifique se há descontos ao adquirir em quantidades maiores remédios de uso contínuo;
  • avalie comprar online: compras pela internet podem ser mais práticas e econômicas;
  • busque por genéricos e marcas alternativas: antes de optar por medicamentos mais baratos ou genéricos, entretanto, consulte seu médico ou farmacêutico. Eles podem fornecer orientações sobre opções mais econômicas e adequadas tratamento.
  • descontos e programas de fidelidade: verifique se a farmácia oferece programas de descontos.
Fale com a Redação