21.8 C
Campo Grande
terça-feira, 23 de abril, 2024
spot_img

Presidente da Aprosoja/MS participa da solenidade de abertura da colheita nacional da soja

O presidente e o 1º diretor financeiro da Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul (Aprosoja/MS), Jorge Michelc e Fabio Caminha, participaram da Abertura Nacional da Colheita da Soja safra 23/24 nesta sexta-feira (1º), em Tapera, no Rio Grande do Sul.

O estado que recebeu o evento pela primeira vez, tem expectativa de produzir 22 milhões de toneladas, em 6,6 milhões de hectares, com produtividade média de 3.280 kg/ha neste ciclo, resultando em um volume total 60% superior à safra anterior.

O presidente da Aprosoja/RS, Irineu Orth destacou que “neste ano, a nível de campo, estamos satisfeitos porque deveremos ter uma safra normal, uma safra que enche de alegria aqueles que trabalham no campo”, disse se referindo à recuperação da produção, após três safras frustradas.

O presidente da Aprosoja Brasil, Antônio Galvan salientou a importância da participação ativa dos produtores em associações de representação de classe para defesa dos interesses da classe.

Na oportunidade, foram realizados dois painéis que trataram de políticas agrícolas e mercado da soja, com a participação do senador Luís Carlos Heinze; deputado federal, Alceu Moreira; economista da Farsul, Antônio da Luz; pesquisador da Fundação Getúlio Vargas (FVG), Felipe Serigatti; analista da consultoria Safras & Mercado, Luiz Fernado Gutierrez, e fundador da Pátria Agronegócios, Matheus Pereira.

O evento que ocorreu na propriedade da empresa Grandespe, foi promovido pelo Canal Rural e Aprosoja Brasil, com patrocínio da Ihara, Mitsubishi Motors e apoio da Monsoy e reuniu cerca de 1,2 mil pessoas, entre autoridades, produtores,  técnicos e demais profissionais da cadeia da oleaginosa.

Estimativa nacional

De acordo com o último levantamento de safra da Conab, o Brasil deve produzir 149,4 milhões de toneladas, 3,4% a menos que na safra de 22/23, com média de 3.314 kg/ha, produtividade 5,5% inferior que o ciclo anterior.

Fale com a Redação