Na operação foram cumpridos mandados de busca em endereços vinculados ao investigado. (Foto/Divulgação)

Operação foi realizada em conjunto por policiais de Ponta Porã e Nova Andradina

Em ação conjunta realizada entre a 1° Delegacia da Polícia Civil de Ponta Porã e Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron), através da operação Hórus do Programa Vigia, na última terça-feira (30), foi executado mandado de prisão preventiva contra um dos líderes de organização criminosa que enviava drogas de Ponta Porã para Nova Andradina.

Na condução da ‘Operação Cranius’, pelo Setor de Investigações Gerais (SIG), de Nova Andradina, em novembro de 2020, visando combater o tráfico de drogas, foi decretada a prisão preventiva de um homem, morador de Ponta Porã, apontado como um dos líderes de organização criminosa que adquiria maconha e cocaína no Paraguai e as enviava para Nova Andradina e região.

Na operação foram cumpridos mandados de busca em endereços vinculados ao investigado, que conseguiu fugir.

Há cerca de uma semana os agentes identificaram o imóvel onde o foragido se encontrava, passando a monitorar o local.

Ele permanece preso na penitenciária de Ponta Porã, à disposição do Poder Judiciário da comarca de Nova Andradina.

Comentários