Foto: divulgação PRF-MS

A apreensão gera um prejuízo de 44 milhões de reais para o crime organizado

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em MS apreendeu 244 quilos de cloridrato de cocaína, na tarde desta terça-feira (28), em Água Clara, região Leste de Mato Grosso do Sul, próxima a Três Lagoas, divisa de São Paulo. O transportador do tráfico de drogas, deveria ser iniciante, sendo motorista de carreta de minério de ferro, que acabou por se entregar a polícia devida a fala nervosa com agentes federais e após ao confessar o crime.

Conforme a PRF, os policiais rodoviários federais fiscalizavam na Unidade Operacional da PRF, quando abordaram um caminhão Scania/T112, carregado com minério de ferro. “O motorista, de 29 anos, demonstrou nervosismo ao ser questionado sobre a viagem. Assim, desconfiada, a equipe realizou a checagem de todo o veículo”, regisrou a PRF.

De acordo com PRF, foi feito uma busca minuciosa na carreta e encontrou um fundo falso na cabine do caminhão, onde estavam escondidos os tabletes do ilícito. “O condutor confessou ter recebido a cocaína em Corumbá e que deveria entrega-lá no estado de São Paulo, mas não disse o quanto receberia pelo serviço”, disse a PRF.

O motorista foi preso e encaminhado para a Polícia Civil em Água Clara, juntamente com o caminhão e o ilícito. 

Comentários