Divulgação

Francisco Carlos da Silva Rojas, mais conhecido como Prof Rojas ao extremo, tem ganhado força nos grupos nacionais de apoio ao presidente Jair Bolsonaro, que indicam seu nome para o cargo de ministro da educação. Nos últimos ganhou até mesmo a hastag #RojasnoMEC.

Rojas atualmente diretor-adjunto da Escola Estadual Cívico Militar Alberto Elpídio Ferreira Dias. Possui Licenciatura Plena em Letras e é Bacharel em Ciências Militares (Academia Militar das Agulhas Negras). Conta com Especialização em Supervisão Escolar (UFRJ); Psicopedagogia (UFRJ); Língua Portuguesa – Linguística do Texto (UFRJ); Docência do Ensino Superior (UFRJ) além de Mestrado em Operações Militares (Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais – Rio de Janeiro). Estudou no Colégio Militar de Manaus, foi Professor de Língua Portuguesa no Colégio Militar de Campo Grande; Chefe da Divisão de Ensino do Colégio Militar de Campo Grande, com ampla experiência em preparação para ENEM, Vestibulares, Concursos, Prova Brasil e IDEB.

Rojas agradece o apoio e diz se sentir lisonjeado com a menção ao seu nome.
“Recebo com muita honra e responsabilidade esta lembrança dos grupos de apoio ao Presidente e com certeza seria uma missão que me orgulharia bastante. A parcela da população em situação de vulnerabilidade social tem que receber do Poder Público uma Educação de qualidade: rica, forte e exigente. Vejo como principais problemas da Educação Brasileira: alfabetização, ensino médio e formação de professores”, afirmou.

Comentários