A residência multiprofissional em saúde mental irá selecionar nove profissionais. (Foto/Divulgação/ Pref. de CG)

As provas paras os programas de residência médica em psiquiatria e multiprofissional em Saúde Mental da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) acontecem neste domingo, dia 9 de janeiro. São mais de 150 candidatos inscritos nos dois certames.

Tanto programa de residência médica em psiquiatria  quanto o multiprofissional oferecem bolsas de R$4.106,09, durante todo o período do curso. Para psiquiatria o certame será composto por 50 questões dividas nas áreas de Clínica Médica, Pediatria, Cirurgia Geral, Ginecologia-Obstetrícia e Medicina Preventiva e Social, com nota máxima de 100. O candidato que obter um resultado inferior a 60% de acertos será considerado reprovado. 

Para quem for selecionado a participar do programa de residência, as datas das matrículas serão entre os dias 25 e 26 de janeiro, e o início das atividades em 1° de março. 

A residência multiprofissional em saúde mental irá selecionar nove  profissionais, sendo três de cada uma das áreas: enfermagem, psicologia e serviço social.  A prova será composta por 30 questões objetivas.

O candidato que obtiver um rendimento na prova inferior a 60%, ou seja, fizer menos que 36 pontos, será considerado reprovado. Aqueles concorrentes que forem selecionados para o programa de residência, poderão se matricular entre os dias 20 e 21 de fevereiro, com início das atividades no dia 1º de março.  Os profissionais irão atuar nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) e demais serviços da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau).

Todos  os protocolos de biossegurança devem ser seguidos, como uso obrigatório de máscara, ocupação máxima de 70%, distanciamento de no mínimo 1,5m entre cada candidato, além da disponibilização de álcool em gel 70%.

Provas

As provas acontecem no Centro Universitário Anhanguera de Campo Grande, localizado na Avenida Gury Marques, 3.203 – Vila Olinda.  Os portões abrem às 7h15 e fecham às 8h15 (horário de MS). O início das provas será às 8h30. O edital de ensalamento de cada processo pode ser consultado clicando aqui.

Estrutura de atendimento

A Rede de Saúde Mental do Município é composta por 6 CAPSs, sendo 4 CAPS III, 1 CAPS A.D IV, 1 CAPS Infanto Juvenil, 1 Unidade de Acolhimento e 3 Residências Terapêuticas. Todas as unidades funcionam 24 horas por dia, com média de 1300 consultas ambulatoriais de saúde mental e 2000 mil atendimentos nos CAPS por mês. Somente a Rede Municipal possui 101 leitos para atendimentos de pacientes com problemas psiquiátricos ou usuários de álcool e droga.

Além da estrutura própria, o Município conta com 12 leitos contratualizados no Hospital Regional para atendimento de pacientes álcool e droga e 27 no Hospital Nosso Lar para atendimento de pacientes com transtornos psiquiátricos.

Os atendimentos de  pacientes com transtornos leves e moderados também são realizados nas 72 unidades básicas de saúde  do Município (UBS/UBSF).

Comentários