Foto reprodução

Este ano seria a Edição de Ouro, pelos 30 anos de existência da prova

O Ibitipoca Off Road (IOR) não vai acontecer em 2020 como estava programado. A 31ª edição, de uma das mais tradicionais competições brasileiras de rally de regularidade, foi adiada para o ano que vem, devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19). Inicialmente, o evento que aconteceria em Juiz de Fora (MG) estava marcado para agosto deste ano, depois foi remarcado para outubro, e, agora, definitivamente foi reagendado para ocorrer nos dias 31 de julho e 1° de agosto de 2021.Rally de Ibitipoca, Off Road em Minas é adiado para 2021 devido a pandemiaRally de Ibitipoca, Off Road em Minas é adiado para 2021 devido a pandemia

Em uma publicação nesta terça-feira (15) no Instagram, os organizadores explicaram as razões do adiamento do evento, batizado este ano de Edição de Ouro, que comemoraria os 30 anos de existência da prova. 

“Essa decisão foi tomada pensando na segurança de todos vocês, centenas de pilotos e navegadores inscritos, amigos, parceiros, autoridades, população local e imprensa. Se ao longo de 30 anos da nossa trajetória o crescimento gradativo do IOR é atribuído, entre outros fatores, à integração com autoridades civis e militares, entidades ambientais e tudo que envolve o rally, consideramos prudente anunciar o adiamento. Diante de tantas incertezas, enquanto não pudermos oferecer a vocês o Ibitipoca Off Road no padrão que vocês conhecem e merecem, teremos que esperar. Em virtude da atual pandemia de covid-19, o 31º Pro Tork Ibitipoca Off Road está oficialmente adiado para o ano de 2021”, diz o comunicado.

A organização do evento esclareceu ainda que todos os pilotos que haviam confirmado suas inscrições, já estarão garantidos no evento do ano que vem, não sendo necessário qualquer procedimento. A prova será disputada em duas etapas. Na primeira, os participantes largam em Juiz de Fora e seguem até o distrito de Conceição do Ibitipoca, localizado no município de Lima Duarte (MG). Já na segunda, eles fazem o caminho inverso. Vence a competição quem conquistar o maior número de pontos somando as duas partes da disputa.

Por: Agência Brasil

Comentários