O Projeto de Lei 180/2021, de autoria do deputado Renato Câmara (MDB), que reconhece a prática de ecoturismo como essencial à população de Mato Grosso do Sul, enquanto perdurar a pandemia de Covid-19, recebeu parecer pela constitucionalidade na reunião da Comissão de Constituição, Justiça e Redação(CCJR) na última terça-feira (4). A autorização para realização das atividades seguirá as medidas e protocolos de biossegurança aplicáveis ao setor.

Para Augusto Mariano, Presidente do Instituto de Desenvolvimento de Bonito (IDB), essa é uma grande conquista para todo o trade turístico da região. “É muito importante que os atrativos turísticos sejam cadastrados e reconhecidos dentro do Programa Prosseguir, através do projeto de lei proposto pelo Deputado Renato Câmara na ALEMS, como atividades essenciais. A pandemia da Covid-19 ainda não acabou, corremos risco com a nova variante Delta, e, consequentemente podemos ter problemas futuros com a publicação de novos decretos, com mais restrições em função desses novos desdobramentos”.

Reconhecimento do ecoturismo como atividade essencial atende anseios do trade de Bonito, diz presidente do ID

Com o reconhecimento de atividades essenciais os atrativos turísticos poderão funcionar, seguindo as medidas e protocolos de biossegurança aplicáveis ao setor. “Sendo assim, a atividade econômica de Bonito e Serra da Bodoquena continuará funcionando normalmente, prejudicando muito menos a operação turística e o fluxo de caixa dos empresários que continuarão gerando empregos, produzindo riquezas e pagando impostos”, avaliou Mariano.

“Esse é um avanço que dá condições para que as atividades do trade turístico continue avançando e se fortaleça nessa retomada do desenvolvimento, na retomada do pós Covid. Esse é um pedido de todas as categorias que nós estamos respaldando através de um projeto de Lei para que o Governo do Estado possa reconhecer e, assim desta forma, valorizar todo esse grupo do Trade Turístico que foi muito afetado com a pandemia”, revela o deputado Renato Câmara, autor do Projeto de Lei.

Augusto Mariano, em nome do IDB, agradece o empenho e esforços do deputado nessa importante conquista para o turismo.

Comentários