28.8 C
Campo Grande
quarta-feira, 24 de julho, 2024
spot_img

Recrutamento perto de casa anima candidatos que disputam contratação

Em um dos pontos do Terminal de Ônibus General Osório, a Prefeitura de Campo Grande ressignifica o espaço público. Próximo a duas salas comerciais desativadas, é com uma estrutura móvel da Funsat (Fundação Social do Trabalho) que pessoas mudam de vida ao ganhar a oportunidade de assinarem uma carteira de trabalho. Em mais uma agenda do “Emprega CG”, foram ofertadas nesta quinta-feira (20), mais de 400 vagas, em sete empresas.

Desde as 8h, foram distribuídas 200 senhas para a primeira fase de triagem. Para o atendimento do público, equipes do Departamento de Recursos Humanos das empresas parceiras estão no evento, que neste mês já realizou quatro edições.

Além das oportunidades com o “Emprega CG”, o cidadão também pode obter informações das 2.005 vagas de trabalho anunciadas hoje pela Funsat, referentes à 201 profissões.

Pressa e esperança pelo emprego

Para a ação, que já foi até as 14 horas de hoje, Antoni Silva Carvalho, de 26 anos, foi avisado pela namorada. Um mês na procura por um novo emprego, à ambição com a vinda ao “Emprega CG” é pela vaga de ajudante de açougueiro.

“A empresa é boa, grande, e oferece a chance de um emprego formal, além de um crescimento interno. Aprendendo essa nova função, caso seja contratado, poderei depois concorrer a outras vagas da mesma área com maior salário. Aprovo com certeza essa opção do órgão fazer uma ação itinerante”, disse.

Recrutamento perto de casa anima candidatos que disputam contratação

Para Bruna da Silva Cândido, de18 anos, o deslocamento do bairro Tarsila do Amaral até o Terminal General Osório teve um propósito: o “primeiro emprego de carteira”.

“Estou de olho na oferta de auxiliar administrativo, e já tenho alguma noção do papel, pois fui estagiária em repartição pública. Agora esse trabalho me ajudaria no meu atual projeto de fazer a faculdade de Direito”, explica a jovem, que foi avisada pela mãe sobre o “Emprega CG”.

Recrutamento perto de casa anima candidatos que disputam contratação

Para buscar um novo trabalho, Ororides Rosa de Matos, de 71 anos, foi a pé para local. Morador da Vila Rica ele também gostou da ideia da Prefeitura ir até a sua região para realizar serviços de recrutamento.

“Tenho experiência como motorista, piloto até barco e se preciso posso mudar de cidade. Vejo que todos os dias muitas vagas são anunciadas, e estão de parabéns por essa alternativa de montarem o escritório no Terminal. Ir aonde o povo está!”, falou o candidato.

A ação conta com a parceria das empresas e instituições como Novatec, Santa Casa, Atacadão, Morhena RH, Grupo Petrópolis, Lions Mutual e Manejo Sementes.

Fale com a Redação