19.8 C
Campo Grande
sexta-feira, 19 de julho, 2024
spot_img

Réu em processo agride advogado de acusação em academia da Campo Grande

Um jovem advogado, 27 anos, passou por um perrengue em ato de violência, provavelmente devido a ato de trabalho, praticado por um réu em processo no qual o profissional está como acusação. O agora vitima, foi ‘pega’ de surpresa, em horário particular, e agredido fisicamente, dentro de uma academia de Campo Grande, no inicio da manhã desta segunda-feira (24).

O advogado, que não vamos divulgar nome, para não expor vida profissional, foi agredido enquanto treinava em uma academia 24 horas, localizada no Jardim dos Estados, região nobre centro norte da Capital. Um boletim de ocorrência foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, com incidente ocorrido por volta das 6h30 de hoje.

O agressor, foi identificado como sendo réu de um processo criminal conduzido pela vítima, desferiu um soco no rosto do advogado durante um confronto verbal. Segundo o B.O, o agressor réu entrou na academia e se dirigiu diretamente ao advogado para discutir sobre o processo em andamento.

A vitima estando em momento particular, e em um esforço para manter o então profissionalismo e evitar discussões inadequadas no local, o advogado tentou explicar que aquele não era o momento apropriado para tratar do assunto. No entanto, aproveitando um momento de distração do advogado, o réu o agrediu com um soco no rosto, que pegou no olho.

Confronto e Ameaças

Conforme descrito o B.O, a confusão foi rapidamente interrompida por outros frequentadores e instrutores da academia, que separaram os envolvidos. Mesmo após a intervenção, o agressor continuou a questionar o advogado sobre sua ética profissional, tentando denegrir sua imagem perante os presentes.

Contudo, mesmo contido, e ainda em meio à discussão, o então réu, agroa acusado de agressão, ainda proferiu ameaças ao advogado-vitima, dizendo que “isso não vai ficar assim”.

Preocupado com sua segurança e integridade física, o advogado agredido solicitou medidas protetivas contra o agressor, que é conhecido por seu comportamento agressivo, inclusive com familiares. O caso foi registrado como lesão corporal dolosa e coação no curso do processo.

Repercussões

A agressão sofrida pelo advogado enquanto treinava na academia 24h destaca a necessidade de ambientes seguros tanto no âmbito profissional quanto pessoal.

As autoridades competentes devem investigar o caso e assegurar que medidas adequadas sejam tomadas para prevenir futuros incidentes de violência e coação contra profissionais que atuam na justiça.

Este incidente levanta questões importantes sobre a segurança dos profissionais do direito e a necessidade de medidas mais rigorosas para proteger aqueles que trabalham em situações potencialmente perigosas.

A integridade física e moral dos advogados deve ser garantida para que possam desempenhar suas funções sem medo de retaliações ou agressões.

Fale com a Redação