29.8 C
Campo Grande
sexta-feira, 23 de fevereiro, 2024
spot_img

Riedel deve anunciar hoje sobre ICMS e MS pode ter a menor alíquota do País

O blog Investiga MS, adiantou no inicio da manhã desta segunda-feira (4), que Governo do Estado fará hoje, uma coletiva de imprensa, para informar se aumenta ou não o ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) de Mato Grosso do Sul. O jornalista do Blog, Wendel Reis, aponta ter apurado que o governador Eduardo Riedel, pode anunciar que não aumentará a alíquota, fazendo com que o Estado tenha a menor cobrança do País.

Neste caso, o governador apostaria no crescimento dos investimentos em Mato Grosso do Sul, justamente por ter uma cobrança de imposto menor. O reajuste já foi feito por, aproximadamente, 20 estados, após apresentação e aprovação, na Câmara, da reforma tributária.

Na nova regra, ficou definido que o novo imposto será proporcional à arrecadação no período de 2024 à 2028. Na prática, o que os estados arrecadarem neste período será referência para os próximos. Os governadores temem que a arrecadação caia, por conta desta proporcionalidade, caso não tomem esta medida.

Já aumentaram o ICMS os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Espírito Santo, entre outros. Alguns estados aumentaram em 2%: Ceará, Distrito Federal e Paraíba, por exemplo, reajustaram de 18% para 20%). Já em Pernambuco saltou de 18% para 20,5%.

A partir de abril de 2024

Caso Eduardo Riedel decida aumentar o ICMS, o novo valor será cobrado após o primeiro trimestre de 2024, seguindo a necessidade de uma noventena. O projeto também precisará de aprovação na Assembleia Legislativa.

Fale com a Redação