Divulgação

A ação preventiva de desinfecção de ambientes feita por uma equipe especializada do exército brasileiro, solicitada ao Comando Militar do Oeste – CMO pela diretoria da Sanesul, está avançando nas cidades onde há prédio de atendimento ao público e operacional da Companhia de Saneamento de MS – Sanesul.

Os soldados do exército utilizam a solução de hipoclorito de sódio, para fazer a desinfecção de ambientes de trabalho e áreas comuns nas instalações das unidades da empresa nos municípios.

A primeira ação ocorreu no escritório de atendimento em Dourados. Em seguida, a equipe esteve no prédio Sede e no Complexo Maria Cecília Barbosa em Campo Grande.

Agora, o trabalho está sendo realizado nas regionais. Aquidauana, Paranaíba, Corumbá, Coxim, Ponta Porã, já receberam a ação preventiva.

Os diretores, Presidente Walter Carneiro Jr. e Administrativo André Soukef, estiveram no Comando Militar do Oeste em julho para formalizar o pedido.   

LEIA SOBRE: http://www.sanesul.ms.gov.br/noticias/sanesul-recebe-apoio-do-exercito-no-combate-ao-covid-19

“Nossa preocupação é com o avanço da doença no interior do Estado. Embora tenhamos nossa Sede em Campo Grande, a Sanesul opera principalmente nos municípios parceiros que estão espalhados em todas as regiões do MS. Preservar e conservar a saúde da população é a nossa missão.

Sanesul continua com ação preventiva de desinfecção nas suas regionais

Ação realizada em Ponta PorãPor essa razão, nada melhor do que contar com o apoio de quem entende do assunto, ou seja, nosso exército que sempre está pronto para nos atender”, lembrou o Diretor Presidente da Sanesul, Walter Carneiro Jr.

O atendimento da Sanesul é essencial e não pode ser interrompido. A água é fundamental para o funcionamento da vida.

“Por isso nossa preocupação em neutralizar ao máximo qualquer possibilidade de contágio dentro de nossos escritórios de atendimento, ambientes de trabalho e em nossa ação no campo, com as equipes. Desde que a doença apareceu, reunimos as várias diretorias e gerências e determinamos o uso de máscaras, álcool em gel e demais cuidados na prevenção”, concluiu o Diretor Presidente.

Comentários