Na última segunda-feira (26), a Prefeitura Municipal de Chapadão do Sul recebeu a visita de uma equipe do Sebrae/MS. Com protocolos de biossegurança, como o uso de máscaras e álcool em gel, o encontro veio para identificar quais são as expectativas do órgão em relação a execução do programa Cidade Empreendedora e os principais pontos que precisam ser melhorados no município, a partir da adesão. 

De acordo com o prefeito João Carlos Krug, um dos principais objetivos hoje é melhorar o ambiente de negócios na cidade para fortalecer os empreendedores locais já instalados e atrair novos investidores. Segundo o gestor, a adesão ao Cidade Empreendedora pela segunda vez vem auxiliar nesse desafio, além de impulsionar o desenvolvimento do município como um todo. 

“O programa verifica os gargalos e as potencialidades que nós temos, que já foram levantadas pelo Sebrae na edição anterior do Cidade Empreendedora e agora também. A gente vai chegar mais em uma sintonia fina e elencar as nossas necessidades. Com isso, nós temos certeza que vamos dar oportunidade para o nosso município crescer com qualidade de vida. Vamos resolver, cada vez mais, nossos problemas em nossa cidade, mas com uma qualidade de vida de primeiro mundo para que as pessoas se sintam felizes em estarem morando em Chapadão do Sul esse que é o nosso objetivo”, ressaltou o prefeito. 

Além do gestor público, o Sebrae/MS também se reúne, durante a semana, com outras lideranças locais como representantes da Associação Comercial e Empresarial de Chapadão do Sul. Empresários não associados também têm encontro marcado com a equipe. O diálogo é voltado para identificar que tipo de melhorias são necessárias para promover o desenvolvimento da cidade. 

“Queremos compreender a percepção de quem vive na cidade em relação a realidade do município. No cotidiano, quais são as principais dificuldades e os problemas enfrentados? Os depoimentos vão direcionar as ações propostas pelo programa Cidade Empreendedora e fazer com que o trabalho executado seja mais assertivo”, explicou Lucas Borelli, analista técnico do Sebrae/MS. 

Depois do contato com as lideranças locais, na quinta-feira (29), vai ser promovida a Oficina de Planejamento Participativo (OPP), quando os interlocutores do município debatem os assuntos apresentados durante os encontros. A reunião, realizada no Centro de Convivência da Melhor Idade “Conviver”, segue as medidas de biossegurança e por isso é fechada para um número reduzido de convidados. 

Plano de Desenvolvimento Econômico 

A oficina é um passo para a elaboração do Plano de Desenvolvimento Econômico (PDE) que vai nortear o trabalho desenvolvido pelo Cidade Empreendedora no município. Com a proposta de transformar a economia e promover o desenvolvimento local por meio do fortalecimento dos pequenos negócios, o programa é realizado pelo Sebrae/MS em parceria com a gestão municipal. 

São várias ações que compõem a iniciativa como a desburocratização dos processos para a abertura e alterações de empresas; incentivos às compras locais; promoção de uma cultura empreendedora e a inovação nas escolas; melhorias na Sala do Empreendedor; estímulo ao desenvolvimento empresarial; e formação de lideranças que exerçam uma gestão pública empreendedora.

Em Chapadão do Sul, esse trabalho vai ser voltado para o eixo “Cidade de Negócios”, que envolve análises, planejamento e entregas estratégicas para alavancar o município por meio do empreendedorismo, gerando assim emprego e renda.

Mais informações sobre o Cidade Empreendedora podem ser obtidas por meio do telefone 0800 570 0800 ou pelo Whatsapp (67) 3389-530.

Fonte : Ascom Sebrae-MS

Comentários