14.8 C
Campo Grande
sexta-feira, 12 de julho, 2024
spot_img

Segurança de hipermercado em CG agride violentamente morador de rua que foi pedir comida

O trabalho dado tem que ser feito e cumprido ordens. É fato. Mas, a falta de preparo ou mesmo a desumanidade pode causar e causou violência no ‘cumprimento’ do dever de um Segurança de hipermercado em Campo Grande, que agrediu violentamente um morador de rua que foi apenas pedir comida no local, nos altos da Avenida Mato Grosso, na noite desta quarta-feira (20).

Veja abaixo, vídeo, da brutalidade e agressividade de um dos seguranças da rede de supermercados, que causou perplexidade e chocou consumidores, no Jardim dos Estados, e pela Capital, pois o dito ‘profissional’ agrediu com chutes e arrastou o morador de rua que foi ao estabelecimento pedir comida.

Conforme consta, o ato foi praticado ao cumprir uma determinação da empresa, Grupo Pereira, que possui o 7º maior faturamento no País, onde o segurança N.F.X abordou o morador de rua Robson de Castro Viana e começou a agredi-lo com chutes. O objetivo era impedir que o homem ‘mal quisto’ pedisse comida aos clientes do estabelecimento chique e localizado em uma das áreas mais valorizadas da Capital.

De acordo com registros, à Polícia Civil, o segurança alegou que seguia “as diretrizes da empresa”, que proíbem a prática de pedir comida na área do hipermercado, fazendo barrar tais atos e retirando, mas não explica como agir. O segurança N.F.X, afirmou ainda, que vinha sendo ameaçado há dias pelo morador de rua, que supostamente estava com um canivete

.

Nas imagens, que foram veiculadas nas redes sociais e em outros veículos de comunicação, é possível ver o segurança dando chutes e arrastando o morador de rua até a chegada da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

Robson foi encaminhado à UPA Coronel Antonino, levando diversos pontos nos lábios. O morador de rua negou que tenha ameaçado o segurança.

O rede de hipermercados ainda não se manifestou.

Fale com a Redação